musicas infantis.

03 de maio, 2013 Postado em: ilustrinha

musiquinhas

Agora é só dormir tranquilo…

comentários

32 Comentários

  • Daniel Milani disse:

    Muito bom! Como dormir depois disso!

  • Ademir disse:

    Para todos aqueles que, como eu, ouviram essas músicas quando crianças e hoje são adultos psicologicamente saudáveis…

  • Rodrigo Caetano disse:

    de todos só o que eu não conhecia era a música do bicho papão

  • Felipe Uyeda disse:

    hahaha muito bom. Mas realmente, quando você para pra pensar, essas musiquinhas infantis são bem malvadas XD

  • Joker disse:

    Ah… a sutil arte de inconscientemente assustar seus filhos…

  • Locoboy disse:

    Essas musicas são ótimos para os filhos acordarei na madrugada pedindo agua.

  • Helvio disse:

    Putz, um gato zumbi! Corram para as colinas!

  • Preto Pobre disse:

    Essas nossa musiquinhas são água com açúcar! Tem umas que cantam (ou cantavam) em Portugal que são coisa de psicopata!!

    Alguém conhece a do Antoninho vai pra escola? Tem um trecho épico que é mais ou menos assim:

    “…Matei o pavão do mestre e sei que hei de morrer… Antoninho foi para a escola todo o caminho a chorar (2 vezes), e quando chegou a escola ainda estava a soluçar (2 vezes)! Veio o mestre lá de dentro e puxou-lhe pela mão (2 vezes), tirou um punhal do bolso, cravou-lhe no coração!”

    Tem um monte…. De pai que mata a filha, de irmão que decapita irmã… To imaginando aqui o que rola na Rússia!

  • Priscila Morais disse:

    Desesperador o samba lelê com a cabeça quebrada! OMG :c

  • Deko disse:

    “menostraumatizantequeouvirfunk,”

    concordei.

  • Hellen disse:

    Já inventaram a Galinha Pintadinha… Perdeu a graça =P

  • Vini disse:

    A realidade atual é muuuuuuuuuitas vezes pior que isso…

  • Márcio Melo disse:

    Genial, Coala!

    Preparando melhor nossas crianças para “A Vida” (http://mentirinhas.com.br/a-vida/)

  • GuilhermeCA disse:

    acho que essas músicas são criadas dessa maneira:
    -Papai conta uma história?
    -Hoje não filho, tô muito candado.
    CRIANÇA COMEÇA A CHORAR
    -Tá bom, era uma vez a cuca que sempre pegava crianças que choravam muito e que não deixam seus pais dormirem…
    ou
    -Era uma vez o Lobo Mal que entrou na casa e matou todo mundo, agora vai dormir!

  • GuilhermeCA disse:

    Agora vamos somar essas músicas ás histórias originais dos Irmãos Grimm e outros “contos de fadas”, o que seria da infância?

  • Andreus disse:

    KKKKKKKKKKKKKKK… muito boa… nunca imaginei dessa forma… vc é sádico Coala…

  • Thiago (trazthi) disse:

    Assim que nossos País nos preparavam para viver nesse mundo cruel

  • Marta disse:

    De todas, eu tinha esquecido da do Samba Lelê. Primeiro que eu pensava que ele era negro, hahahaha. Segundo que ele “tá com a cabeça quebrada”, tá com alguma doença da cabeça, mas a cura é levar palmada.

    Mas quando a gente é criança não consegue visualizar, né, o que tá sendo cantado. É bizarro.

  • Sylvia Tamie disse:

    Tem uma superfofa em alemão (alguém lembrou dos irmãos Grimm) que é mais ou menos assim:

    Boa noite, boa noite,
    embalado por rosas,
    armado de tachinhas (???)
    escorregue para baixo da coberta:

    De manhã cedo, se Deus quiser,
    você vai acordar de novo…

  • Bruno disse:

    Que maneiro!!! A personificação das músicas por si só já seria muito legal! Só que fica ainda melhor com o MHDM no meio. hahahhahahhaha

  • Fex disse:

    Eu sempre pensei em Samba Lelê como uma menina. rs

  • rosana disse:

    a do cai cai balão eu sempre achei a coisa mais sem noção do mundo. onde cacetes fica essa tal de “rua do sabão”? dafuq.
    a do gato, tem uma versão fofinha e não traumatizante.
    “não atire o pau no gato-to/porquê isso-so/ não se faz-faz-faz /o gatinho-nho é nosso amigo-go/ não se deve /não se deve/ maltratar os animais.”

    • Ana Cláudia Marques disse:

      A Rua do Sabão existiu mesmo, era o antigo nome da rua General Câmara, no centro da cidade (Rio).

  • Antônio disse:

    Nunca mais canto isso pra minha filha. O Marcos Heulálio tem muitos motivos pra dextruirrr o mundo.

    Kkkkk, como sempre 10, Fábio.

  • Roberto Vasconcelos disse:

    E o pior é que eu dormia, mesmo… xD

  • Vivi disse:

    Hahahahaha, mto bom!!!!
    Tudo que eu precisava era de uma boa risada!

    Bom fim de semana Sr e Sra Coala!

    Fiquem com Deus!

  • kenji disse:

    Eu lembro até hoje de chorar feito um bebezão quando ouvia o boi da cara preta, acho que só parei de chorar com essa música quando não precisava mais ser ninado.

  • Flávia disse:

    #Chatiada por que a minha música trauma de infância não entrou.

    Marcha soldado é muito mais macabro do que isso!!

  • Thaís disse:

    “menostraumatizantequeouvirfunk” Eu ri! Só não conhecia a do Bicho Papão… mas tinha medo da Cuca… =P

  • Douglas Teixeira disse:

    Samba lele não precisava era de umas boas palmadas??? O.õ

    nunca ouvi com lambada…

    • Ana Cláudia Marques disse:

      A versão que eu ouvia quando criança era: “Samba Lelê precisava / De umas dezoito lambadas…”

  • Ana Cláudia Marques disse:

    Engraçado que nunca encuquei com essas músicas mas chorava baldes quando me cantavam o ‘Carneirinho, Carneirão’ e a ‘Canção de Ninar’ de Brahms. Acho que era o meu lado emotivo já brotando naquele tempo…
    E, claro, não dormia de jeito nenhum (RISO).

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*