Motivos - Mentirinhas

14 de março, 2014 Postado em: Hq, Monstro

motivosB

motivosOK

comentários

24 Comentários

  • Liana disse:

    Esses malditos ninjas invisiveis cortadores de cebola… Coalito, vc arrasando pra varias às sextas!

  • Nara disse:

    A gente sempre pode achar um motivo pra sorrir… E o monstro tá aqui pra mostrar justamente isso…

  • Robson disse:

    Malditos ninjas e suas espadas Guinsu 2000 retalhadoras de cebolas… Mal consigo ver as cebolas sendo picadas…

  • Não faz isso, Coala. Não faz.
    :'(
    :’)

  • Bira disse:

    E quando o pobre sertanejo não conseguiu colher as cebolas para que elas o fizesse chorar? Quando largou tudo e danou-se a andar para o “sul maravilha” na esperança de uma vida melhor e tudo o que achou foi uma seca diferente da que conhecia? Uma seca mais cruel do que a que ele encarava? Quando o pobre sertanejo enterrou o pai, o filho e a mulher que não aguentaram as chagas da vida e mesmo assim rezava para Deus pedindo água, resolveu ir pra cidade e viu o povo amaldiçoando os santos porque estava chovendo bem no dia em que lavou o carro?

    Ficou meio indignado com o nosso governo e com uma fatia do povo que abre a boca pra falar que São Paulo está com mais nordestinos que o próprio nordeste. Reclamar da realidade sem pensar o que levou a realidade a chegar àquele ponto é algo semelhante a reclamar que um político é ladrão e voltar a votar nele. Precisamos de mais monstros e de menos gente acomodada em suas vidas e incomodadas com as vidas alheia…

    • Ju disse:

      Apesar de ter nascido e ser criada na grande metrópole de SP, eu nunca gostei daqui, ainda sonho o dia que morarei em uma cidade pacata no interior de algum lugar, seu texto é simplesmente a verdade que muitos paulistanos não entendem. 🙂

  • Lita disse:

    Tão verdadeiro!!! Tão triste!!! Tão lindo!!!

  • Cristiano disse:

    Mais uma vez, sensacional!

  • Deko disse:

    e o Sr. Panda conseguiu de novo.

  • Adriane disse:

    Coala…. sem palavras. Triste e bonito ao mesmo tempo!!

  • Ricardo disse:

    Coala como sempre tornando as Sextas muito melhor com suas tiras e idéias!!!

    Fico aqui pensando. A vida de um sertanejo é muito sofrida mesmo.

    Meu sogro é do interior da Bahia, e desde de pequeno sabe o que é trabalho e muito sofrimento. Quando se aventurou em São Paulo comeu o pão que o “Luci” amassou. Mas não vai achando que foi um mar de rosas, desde que estou com a minha namorada vejo as histórias dele e quanto sua vida foi sofrida, pai de três meninas tinha que trabalhar muito e até ficar viajando a trabalho em plataformas de petróleo e ficar longe da família por 6 ou 7 meses até o dia de se aposentar.

    Claro as vezes vejo ele com a mesma expressão do “Seu Luiz”, mas é só de lembrar na vida na Bahia que era doída, e assim, como foi aqui em São Paulo logo quando chegou.E ver onde esta hoje ele abre um belo sorriso e se enche de orgulho pelos seus feitos e conquistas.

    Hoje ele mora em um dos melhores bairros de Pirituba, aqui em São Paulo, com seu carrinho zero e sua casa própria (detalhe: Diz que nunca teve que andar de ônibus, pois sempre guardava uma “graninha”, sofrida para pelo menos ter um conforto de um carro e que a unica casa que ele pagou aluguel foi quando veio para São Paulo). Oque me ajuda a espelhar e batalhar muito, também, para poder me parecer um pouco com esse homem que para mim é um exemplo!!!

    Uma curiosidade que essa HQ do Coala me trouxe e que talvez vai surpreender o Coala também é: Quando o Monstro e a Graphic do monstrinho chegaram na casa dela ele estava com essa expressão de não quero papo, quando minha namorada mostrou o Monstro para ele, ele pegou-o e abriu um sorriso e disse as mesmas palavras do seu Luiz. Só não disse ôche!!!

  • Israel disse:

    Vejo muito e comento pouco as tirinhas Coala!!! rs Mas essa foi sensacional!!! Abraço… Direto de Goiânia….

  • Camila disse:

    LER ESSA TIRINHA OUVINDO PACIÊNCIA (LENINE) É PEDIR PARA QUE VENHAM OS NINJAS……

    LINDAAA A TIRINHA COALA!!!!

  • Andreus disse:

    Muito tocante… fez me arrepiar… em termos de drama você ganha dos autores de novela japonesa (a mexicana deixou de ser a mais dramática). Se você fizesse curtas metragens aposto que ganharia o Oscar.

  • Saymon Lukas disse:

    Eu sou de uma terra que o povo padece
    Mas não esmorece e procura vencer.
    Da terra querida, que a linda cabocla
    De riso na boca zomba no sofrer
    Não nego meu sangue, não nego meu nome
    Olho para a fome, pergunto o que há?
    Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
    Sou cabra da Peste, sou do Ceará.
    Patativa do Assaré

  • LAURA disse:

    Ai cara, chegou ate a cair uma lagrimazinha aqui…Coala você não é 10, você é 1000!!!!!

  • Lhaiza disse:

    esse “ôche” vc veio buscar na Bahia né?
    =)

    emocionante a tirinha!

  • Paulo disse:

    Ah se fosse tão simples “resolver” o passado, pois não esquecemos o passado. O passado tem que ser resolvido.

    E, se no lugar das pessoas apenas darem depoimentos na internet, também procurassem compreender os motivos que tornaram tantos ranzinzas.

  • Luciana disse:

    Este Coala sempre nos emocionando.
    Lindo como sempre.

  • Carol disse:

    Vou começar a usar rímel a prova d’água para vir trabalhar graças a você, Coala.

  • Luke Lima disse:

    vo chega nas mina agora e soltar “e ai moça, tu é a monstrinha que eu sempre quis…”

    será que cola?

  • Mateus disse:

    Por algum motivo a vida do Seu Luiz me lembrou Marvin, de Titãs (versão de Patches). Quadrinho muito bom, Coala, como sempre!

  • Mari Liborio disse:

    Cebola is in the air….

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*