Mentirinhas #632 - Mentirinhas

07 de maio, 2014 Postado em: Mentirinhas

mentirinhas_623Pois é…

 

 

comentários

32 Comentários

  • Deko disse:

    Daí o cara descobre que espancou o Irmão gêmeo do cara ou alguém que so era parecido com o retrato falado, mas era inocente….

  • fAbI disse:

    Parabéns, Coala. Excelente reflexão.

  • Ronaldo disse:

    Isso é apenas um reflexo de como a humanidade está perversa. é muito comum em linchamentos, pessoas chegarem para agredir sem nem saber o motivo pelo qual alguém esta sendo brutalmente espancado. Nem o fato de ter sido uma mulher, sensibilizou as pessoas que a espancaram.
    Detalhe: uma moradora comentou que o que mais a revoltava era a imagem negativa que iria ficar pro bairro.
    Sensibilidade ZERO

    • Felipe disse:

      O mesmo que digo para as pessoas Ronaldo… Isso só mostra como a nossa sociedade está perversa… é incrivel que, mesmo diante de tanto acesso a informação, a ignorância, falta de educação (tenha-se por educação a escolaridade mesmo) e, principalmente, a perversidade da nossa sociedade acaba falando mais alto…
      É até estranho culparem os veiculos de informação (não que eles não tenham parcela da culpa por não investigarem sua informação, ou publicarem pensamentos com raciocínios falhos) mas vejo que antes de tudo as pessoas percebem que oq estão fazendo é errado, porém não se importam… parece existir uma raiva, um rancor guardado dentro das pessoas, por algum motivo, e essa parece ser a forma atual de se “livrar” disso… colocando depois a culpa em outros…
      Antes de tudo você é culpado por seus atos…

    • joao paulo disse:

      Ronaldo. eu concordo cara mas, a humanidade é peversa desde antigamente. Só pra se ter idéia, a famosa lei “Olho por olho. Dente por dente” não era incentivo para a vingança (na época) mas era o limite. Veja bem. Uma lei que hoje vemos como incentivo a violência, na época, a limitava. esses ataques de hoje nos mostra como nós não mudamos moralmente desde a época do antigo egito.

  • GuilhermeCA disse:

    Aí leva um tiro.

  • Moreti disse:

    Creio que o que aconteceu, tem a ver com a impunidade e a falta de segurança que as pessoas estão sentindo.

  • Ricardo da Facul disse:

    Isso já virou até rotina, nada mais surpreende.

  • Cleber disse:

    Vejam o detalhe: na sua corrida louca para espancar o outro homem, o cara sem noção passou por três personagens chave para o entendimento da tirinha. A morte, um juiz e um policial. A primeira é a representação do fim da vida, sendo responsável por determinar quem morre e quando morre, mesmo assim é ultrapassada pela pressa do homem em fazer “justiça”. Depois vem o responsável por interpretar as leis e determinar a sentença de um criminoso ou considerá-lo inocente. Por fim o agente da lei, que nessas ocasiões é responsável por deter o criminoso e fazê-lo chegar ao julgamento. Todos foram ignorados em nome de uma suposição.

    A tirinha não mostra o fim dessa desgraça, mas nós já sabemos qual é o desfecho…

    • Veronica disse:

      Como você disse todos os personagens foram ignorados pelo cara querendo fazer “justiça”, mas tem um outro aspecto também Cléber, os personagens responsáveis por fazer a justiça, estão parados…

      A tirinha é emblemática, como em 4 quadrinhos pode gerar tanta reflexão.
      Coala vc é show!

  • Cleber disse:

    Esqueci de dizer:

    Parabéns Coala! Outro trabalho genial.

  • Adolpho disse:

    Alguém já mandou pra Rachel Sheherazade?

    • Leandro disse:

      Fico triste em sempre lembrarem dela, e querem atribuir a ela a culpa disse e até mesmo querer dizer que ela é a favor (ela = Sheherazade). A única coisa que a moça fez, foi dizer que compreende o desejo de justiça das pessoas, mesmo que seja com as próprias mão, já que o estado se omite. E realmente, é compreensível, visto que a impunidade no Brasil é revoltante. agora, se é certo ou errado o assunto já muda.

      Mas ficam todos agora, da imprensa do Brasil, dizendo que ela é a favor, que ela está incitando isso e aquilo…. pfff. Acabam que estão todos fazendo o mesmo, incriminando a jornalista, sem ao menos entender corretamente o que ela falou!

    • Raphael disse:

      Leandro disse tudo. Mas acrescento algo… Um dos maiores críticos do que a Raquel disse (que era compreensível) e do que ela NÃO disse (que era justificável, justo, desejável, etc.) foi o Ricardo Boechat. E o que ele disse? “(…) Essa realidade vai mudar (…) se a população atacar, partir pro contra-ataque. Eu sou favorável a arranhar carro de autoridade, eu sou favorável a jogar ovo, eu sou favorável a revolta, a quebra-quebra, o c@[email protected] ‘Ah, isso é vandalismo!’ Vandalismo é o cacete! Vandalismo é botar as pessoas quatro horas na fila das barcas todo dia (…). Vandalismo é tu roubar feito um condenado o dinheiro público (…).”
      Aí o rojão atingiu o cinegrafista mas ninguém foi cobrar dele coerência… #EsquerdaDuplipensar
      Mais detalhes: http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2014/05/06/o-cinismo-de-ricardo-boechat-contra-rachel-sheherazade/

    • Rafael disse:

      Leandro, apesar de achar que para pessoas fracas da cabeça “compreensível” possa ser interpretado como “justificável”, e que é o tipo de comentário que pode ser evitado, concordo. Só que não foi só isso que ela falou, e em geral as opiniões dessa mulher são infelizes.

    • Viniw disse:

      Rafael Não sei que comentário da Rachel você está sugerindo que tenha sido infeliz, vi vários pela internet e nenhum me pareceu infeliz.
      E encolhe sua filosofia de esquerda que pensa que todo mundo é incapaz, o brasileiro não é burro, independente de classe social, veja os links no link que o Raphael postou e verá que o problema com justiceiros já vem de tempos.

  • Rosildis disse:

    Li uma frase muito boa nessa semana a respeito dos justiceiros:
    “Um monte de gente quer fazer justiça com as próprias mãos dizendo que é porquê o estado não garante a justiça… mas o estado também não garante ensino de qualidade e não vejo nenhuma dessas pessoas distribuindo livros”

    • Alan M disse:

      Porrada = R$ 0,00
      Livro = Um rim.

    • Laura disse:

      Alan,

      As taxas de adesão em bibliotecas públicas não custam um rim. Aqui em BH é R$3,00. Quantia totalmente praticável.

      Abraços e boa leitura!

  • Ricardo Oliveira disse:

    Esse assunto anda bem em alta, e acredito até que toda essa repercussão tem ajudado na sensibilização de alguns destes “justiceiros”. Outro dia vi um vídeo do CQC (https://www.youtube.com/watch?v=1SvUZCImmzg) simulando uma tentativa de linchamento na rua, e a reação das pessoas é impressionante. Afinal, o que será que está faltando para o povo? Combate à impunidade? Segurança? Educação? Empatia, talvez? O que cria esta sede incontrolável por “justiça” imediata e sangrenta? Freud, dá uma luz aí!

  • nynycius disse:

    Acima de todos

  • Lhaiza disse:

    Acho mais interessante é que a população reclama tanto da violência, mas por terem tanta sede de fazer justiça com as mãos, que acabam sendo tão violentos quanto àqueles que eles julgam violentos. E acabam sendo iguais a estes, porque o ser humano não tem capacidade de julgar ninguém, que fazem de vítima os inocentes.

    • Rick disse:

      O ser humano não tem capacidade de julgar ninguem? que absurdo é esse? então um assassino ou um estuprador não podem ser julgados? é lógico que o ser humano tem capacidade de julgar sim, quem não tem capacidade de julgamento são as multidões, é por isso que a justiça deve ficar na mão do estado, porque um individuo pode ser levado a ouvir a razão, dez pessoas juntas , formando uma turba, só vão ouvir a força.

  • Ateu, e daí? disse:

    Ah, mas ele era negro. Devia ser culpado, né…

  • Joker disse:

    Era bola cantada… questão de tempo. “Cidadãos de bem”… é melhor fugir deles, olhem só o que são capazes de fazer.

  • Yondaimee disse:

    Na minha opinião os 5 não prestam.

  • Viniw disse:

    Implicando que a justiça e a policia seja tão presentes assim.
    Implicando que se fosse tão presentes assim ainda teríamos problemas com justiceiros.
    Quem dera o problema pudesse ser resumido nessa piada –’

  • Vekao disse:

    O que leva o povo a fazer algo assim? Não é possível que todos sejam convencidos a fazer tal barbárie por causa de uma postagem em um site de relacionamentos. Eu não acredito que a humanidade seja tão débil a esse ponto. Falta alguma coisa à população. E eu estou convencido que o que falta é bom senso nesse país. Falta estudo, falta ensino, falta justiça e falta confiança… confiança nos juízes, nos advogados, na polícia e nas demais autoridades. Falta confiança nas demais pessoas também. A política da “lei de Gérson” e do “jeitinho brasileiro” destruíram este país… destruíram todo o povo que não consegue mais olhar em volta sem medo de ser passado para trás pelo próprio amigo, vizinho ou mesmo por um membro da família. Não é esse um país ou um povo pra se ter orgulho como dizem por aí. Não dá mais pra ter orgulho do Brasil. Dá pra ter é muita vergonha. E depois dizem que “o melhor do Brasil são os brasileiros”. Todos culpam os políticos pelas injustiças, mas eu não creio nisso. Eu creio que a única diferença entre o cidadão que rouba os dois reais a mais do troco que ele recebeu da padaria não devolvendo e o político que rouba milhões em desvios é apenas uma: OPORTUNIDADE. O cidadão que rouba o troco só teve chance de roubar o troco sem ser pego. Se tivesse uma chance maior ele certamente aproveitaria. Alguns pensadores dizem que os políticos não são mais do que uma amostragem da sociedade. Naturalmente eu começo a concordar cada dia mais com eles…

  • semtento disse:

    o que de criticar foi a forma que as coisas tomaram a proporção indevida, um blogueiro fez uma denuncia anonima, e o povo se manifestou de forma errada totalmente levada pela informação erada, o que isso demonstra;??? Qualquer informação deve ser muito bem pensada, se eu pegar um ladrão roubando na minha frente e tiver a oportunidade de espancar o fdp eu ainda vou fazer isso, Porque vivemos num pais de bandidos, governados por bandidos, Todos q

  • semtento disse:

    Eu continuo sendo a favor de espancar bandido, que é pego roubando, e politicos devem ser linchados pelo povo, enquanto nãofizermos isso vamkoscontinuar a merce da marginalidade, porque hoje vc não sabe diferenciar policial e bandido, sei que vão criticar, é o papel de vocês, mostrarem que são bonzinhos, mas a verdade é o seguinte todos somos bandidos, o fato de espancarem a moça, demonstra isso, o pessoal só precisou de uma desculpa, agora eu digo pra vcs? Vão prender os 3000 agressores? porque então não vai 3000 pessoas e pega um politico desses que rouba milhões do cofre público e lincha pra ver se acaba essa roubalheira? Não pdoemos fazer justiça com as próprias mãos, quem faz as leis são os bandidos, enquanto eles julgarem os próprios crimes não haverá justiça.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*