Inverno

26 de julho, 2013 Postado em: Monstro

m_tira2Eu ia fazer uma HQ mas a galera na fanpage pediu algo do Monstro relacionado ao frio, enfim… Se você ainda não doou seus agasalhos velhos e afins, tá cheio de gente precisando 😉

comentários

17 Comentários

  • Vinícius Borges disse:

    Bom dia para quem reclama do Frio!

  • Vini disse:

    Isso mesmo, vamos doar agasalhos pessoal. O frio mata.

  • Mais um na multidão disse:

    Não, mendigo não tem mãe. Mendigo não tem ninguém. Hipócritas são as pessoas dizendo que no frio mendigo sofre porém se ver um na calçada a atravessam para nem chegar perto.Mendigo sofre no frio,no calor,na chuva,no seco.
    Gostaria de um dia alguém passado por um mendigo num dia de frio,tirar a própria blusa e agasalhá-lo ou estar comendo algo e dar para o pobre diabo sem que ele peça.
    Gostaria ver uma vez…somente uma vez…poderia eu fazer?sim mas não faço;por que? Porque sou mais um na multidão…

    • Filipe disse:

      todos somos mais um na multidão, de hipocrisia o mundo já ta cheio, é como diz aquela musica.
      “quem sabe cala, quem não sabe é quem mais fala” 😉

    • Júlio disse:

      Cara, eu já fiz isso. Vi um mendigo pelas ruas de BH, fui num restaurante, fiz uma quentinha, entreguei pra ele, e sabe o que ele fez? Tacou com raiva em cima de mim e ainda me xingou. Nunca entendi o porquê, só sei que perdi completamente a vontade de ajudar de novo.

    • Eric disse:

      eu ja fiz ambos… e hipocrisia eh vc fazer esse discurso e dizer que nao faz nada pq eh mais 1 na multidao…

    • J disse:

      Júlio, o que acontece é alguns se sentem mais humilhados com gestos de bondade do que com atos de agressão. Já passei por isso, fui uma criança idiota e fugi de casa, entendo a atitude dele. Hoje dei a volta por cima ganho bem, faço faculdade. Quando quiser, pergunte antes se ele aceita, acredite ter a piedade de alguém vai ser uma das piores sensações que você passara na vida, espero que não passe.

    • Leo disse:

      Deveríamos ajudar por compaixão, não para inflar o nosso ego!

  • Lays Priscila disse:

    /sofri

  • janeise costa disse:

    Tantos com muito e os que costumam doar são os que tem tão pouco…humanização não é nada relacionado a status… é amor ao próximo sem pensar em si mesmo.sem querer algo em troca. alguns reclamam: “eu dei isso a fulano e ele nem pra agradecer”. isso não é caridade. como mais um… afirmou mendigo sofre todo dia, com frio,calor,fome e etc. quero ser mais um na multidão dos que são caridosos,que amam sem desejo de reconhecimento. #bomdia #friodelascaremrecife

  • Bruno disse:

    Uma coisa bacana que eu vejo das pessoas daqui é que ninguém joga roupa fora, sempre doa. Especialmente no frio. Nunca conheci ninguém que jogasse roupa no lixo. É uma coisa que a gente é ensinado desde pequeno. Acho isso bem bacana.

  • Roberto disse:

    Tô achando que o Coala é o líder de um clã secreto de ninjas especialistas em cortar cebola.

  • Preto Pobre disse:

    Vou dizer pq o mendigo do Julio fez o que fez:

    Imagina vc perder tudo na vida. Acima dos bens materiais, perder a esperanca e a dignidade. Ver todo mundo passar por vc e torcer a nareba pq vc ta catinguento. Passar um perrengue desgracado quando sente as necessidades mais basicas do mundo. Ninguem mora na rua por opcao. Os motivos sao varios e algumas vezes nao eh culpa de algum vicio que arrasou com tudo. Conheci um doutor cirurgiao que contraiu HIV. Nao sei como, mas contraiu. Perdeu emprego e a familia o expulsou de casa. A grana acabou e ele foi morar nas ruas do Catete no RJ. A depressao e a loucura acabaram com ele. A falta de aceitacao era tremenda, chegando a fazer com que atirasse fezes nas pessoas. Ele um dia subiu num onibus e contou a historia, pediu uns trocados pq estava com fome e desceu. Eu desci junto e me ofereci para pagar a refeicao… Ele disse: “Preto Pobre… Ja tive quase tudo na vida. Aceitar que alguem me pague comida uma vez eh tao humilhante que a revolta que da dentro do peito se transforma em mais raiva…. Saber que tive tudo e por um vacilo nao ter mais nada e depender dos outros a todo instante ”
    Adaptei o texto pq isso foi ha uns 15 anos. Acho que pra quem recebe as vezes gera um sentimento de humilhacao entende? E a ccabeca nao tando muito boa,faz com que pareca que sao mal agradecidos…

    Desculpem o teclado, ta desconfiguado.

    • Lala disse:

      Interessante ponto de vista, nunca tinha imaginado dessa maneira…

    • Ana Cláudia Marques disse:

      Bom, eu acredito que haja mesmo casos como o que você descreveu, amigo Preto Pobre. Mas chega uma hora em que a fome fala mais alto, certo? Quem sabe então se o Júlio tivesse chegado para o mendigo e lhe perguntado: “Boa tarde, com licença, o sr. precisa de ajuda? Gostaria que eu lhe pagasse uma quentinha?” Se o homem responder “não”, tudo bem, pelo menos o Júlio demonstrou boa vontade em ajudar.

  • Rafael disse:

    Sei que tem muita gente que vai ficar horrorizada com o que vou dizer, mas eu não tenho pena de mendigo. Já fiz muitos serviços sociais de ajuda aos sem-teto, e a grande maioria viva na rua por OPÇÃO PRÓPRIA, pois abandonaram empregos, casas, famílias, pelo simples fato de não precisar ter preocupações, responsabilidades, obrigações, ou porque queria se drogar em paz.

    • Lika disse:

      Rafael, eu não fiquei horrorizada com o que você disse viu, inclusive concordo com cada vírgula, tem gente que esta na rua porque quer sim, meu pai é um grande exemplo…

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*