MHDM #122 - Mentirinhas

13 de novembro, 2012 Postado em: MHDM

Calma, Marquinhos! A ambulância deve estar chegando.

comentários

38 Comentários

  • Preto Pobre disse:

    Eu quando era pequeno, sofri do que chamam de Bulling (é assim que escreve?) direto. Até chegar o dia que eu me estourei e resolvi revidar. O cara que me batia veio na minha direção pra me dar um tapaço no pescoço e eu enfiei o pé no peito dele, fazendo ele rolar uma escada de mármore. Fim da história: Ele quebrou um dente e se lascou todo. Eu fui expulso da escola e ainda apanhei em casa.

    • wagner a. r. disse:

      eu também passei por isso, era baixinho e gordinho, por isso era alvo da crueldade dos outros garotos, até que um dia cansei de ser humilhado e resolvi revidar, encarar meus inimigos, parti pra cima do garoto que me humilhava….. foi a maior surra que eu levei na minha vida…..0_o

    • Mayara R disse:

      Desculpa, mas eu ri. =)

    • Ina disse:

      mas se vc foi expulso e ainda apanhou, por mim, só a lembrança de recebê-lo com os dois pés no peito e ainda estourá-lo numa escada de mármore, qualquer punição teria valido a pena.

    • Ronaldo disse:

      Eu também pasei por isso, mas não bati no cara, enfiei um lápiz na mão dele. Não fui expulso da escola porque acho que, secretamente, a professora estava esperando que alguém desse uma lição naquele moleque inconveniente.

  • Nara disse:

    Tadinho do Marcos Heulálio! T_T
    Amo o MHDM, ótimo trabalho Coala!

  • wagner a. r. disse:

    a principio não perdeu nenhum dente, menos mau.

  • Silas disse:

    Ainda bem que nunca briguei na escola! No final da tirinha só fiquei pensando no uóóóóóóóóóóó!!!!! Da ambulância!

  • Joker disse:

    Oh, não, lembranças voltando! Lembranças voltando!

  • Vini disse:

    ótimonomeparaumheróimaspéssimaestruturafísica…pois é, se fosse ao contrário teria se dado bem.

  • Ju Lins disse:

    Oh minha infância, flashback desta época em segundos.

    Nuossa..eu apanhava muuuito na escola quando era bem pequena(do primário até a 4 série). Chego a perder as contas de quantas vezes isso aconteceu.
    Já levei uma voadora no meio ‘dos peito’ porque reclamei com um pivete que tava atormentando minhas colegas e eu enquanto brincávamos; já levei uma pedrada (na verdade era um pedaço de lage com reboco e brita) na cabeça e cai inconsciente porque disse ao guri que ia dedar a coordenadora se ele não parasse de me atormentar; já enfiaram um lápis no meu braço porque a menina em questão simplesmente não ia com minha cara. … … …
    Dai um dia revidei… Era época de jogos escolares, eu jogando queimado (a única coisa que era melhor que todos alí), lasquei uma bolada com tudo na cara desse povo (com direito a nariz sangrando, choro e um baita mico na frente de todos).
    Fui suspensa,mas com alma lavada…ah e aidna ganhei a medalha de ouro da equipe =)

    • André Vaz disse:

      O_o

    • Jackson disse:

      Caramba menina, onde você estudava? No Carandiru? kkkk

    • Deko disse:

      sei como se sente irmã..mas no meu caso tinha apenas um inimigo e era da escola de inglês…..todos sabiam que eu era caçoado mas nem os professores faziam algo….resolveram fazer algo contra mim quando me vinguei empurrando o infeliz da escada…

      “Você podia ter matado seu coleguinha”

      so não respondi o que tava pensando na epoca por que se não piorava minha situação….

    • Ina disse:

      EPIC WIN

    • Ju Lins disse:

      Naaada… nessa época eu estudava numa escola de Freiras O.o

    • victor disse:

      HSUAHSUHSAUSHAUHSUHAHU
      Mas o importante é que vc se vingou…

    • Fex disse:

      Caras, cês não têm noção do quanto “esse povo” consegue ser ruim.

      Uma vez eu tava no banco da praça na minha cidade natal, lendo um gibi. Do mais absoluto nada levei um daqueles torrões de terra na cabeça. Manja quando a terra empedra e fica dura, mas quando ela acerta algo mais duro ela esfarela toda? Então.

      E eu nem tive a oportunidade de me vingar na queimada que eu era muito ruim em esportes.

    • Jéssica disse:

      Vc é de Bragança Paulista??
      (acho q estudei nessa escola também….)

    • Ana Cláudia Marques disse:

      Parabéns… Você é das minhas. Por ser tímida eu fui alvo de muita implicância na escola e aos 11 anos precisei dar um corretivo numa garota que? tinha mania de me empurrar quando os alunos desciam as escadas (era um prédio de dois andares), correndo o risco de eu me quebrar toda lá embaixo. Mudei de escola pouco depois, mas não me arrependo de ter reagido.

  • Ourisso disse:

    O importante jovem gafanhoto é não perder a concentração 😀

  • Marcela Cavalcante disse:

    Nossa, tenho muito medo pelos meus filhos de sofrerem disso na escola, aff…..

  • Freitas disse:

    Esse daí nem o Mestre Miyagi salva!

  • Mack disse:

    As tirinhas do Marcos H. sãoas que eu mais gosto, não perco uma … Mas diferente dele nessa situação eu quem batia nos meninos, um “anjo” eu era.

    🙂

  • Thiago disse:

    Pelo menos no mundinho particular dele, ele é feliz e poderoso

  • Fex disse:

    O maior dos ensinamentos ninja-kickbox-karatê-kung fu-guerreiro-dragão ele já aprendeu, que é ignorar a dor.

    O que faz sentido, senão ele já teria morrido há muito.

  • Deko disse:

    Lendo os comentários fico feliz em saber que não fui o único que teve seu “momento Hulk”…e obteve “sucesso” com isso……agora hoje em dia, não sei dizer que teria ficado feliz pelo moleque ter quebrado o pescoço com a queda das escadas ou se eu me arrependeria…..provavelmente na época daria pulos de alegria O_o”

  • Lucas disse:

    Coala, deixa eu te perguntar uma coisa, você estudou no Colégio Metropolitano em São Paulo no final dos anos 90, inicio dos anos 2000?

    Tinha um cara igualzinho ao MHDM lá, até dizia que ia dominar o mundo e tinha o mesmo cabelinho repartido no meio. Sempre lembro dele quando leio essas tirinhas.

  • Preto Pobre disse:

    Voltei agora e rachei com os comentários!! A Ju Lins deve ter estudado em Mordor… imagina vcs, eu apanhava tanto no primário que minha mãe me botou no Karatê. Nã ofoi legal, pq ai eu apanhava na escola, no karatê e em casa… mas o tempo passou e hoje, 20 anos depois sou segundo Dan, dou aulas e ensino a molecada a apanhar direito.

  • Bia disse:

    rsrsrs o pessoal dando depoimentos sobre bullyng ao invés de falar da tira XD
    q escolas esquisitonas hein

    e pelo visto, o cara é bem mais forte do que parece… tá sendo espancado e continua parado, ignorando a dor que ele provavelmente nem sente O.O

    • wagner a. r. disse:

      essa técnica ninja chama-se técnica ninja lendária do dragão branco guerreiro de olhos flamejantes em coma profundo.

  • Paulão disse:

    Passei por isso sempre na infância: Apanhar sempre desistir Jamais! rsrs

  • Ronaldo disse:

    Bem, pelo menos concentração ele já tem.

  • blumblumblats disse:

    Não importa, se é bulling ou não;

    Se o individio que atormenta, o que deixa em paz, o que finge que não vê e o que corre atraz!

    No fim, quem está certo é o mais “forte”.

  • Ana Cláudia Marques disse:

    Mais um que vai entrar para o caderninho de futuras vítimas quando chegar o dia dele destruir o mundo…

  • Alan disse:

    Se todos que passaram por isso virarem psicopatas no futuro… nosso querido MHDM vai ter concorrência, hehehehe…

  • Digo Freitas disse:

    Concentração de um monge budista…
    Já passei por isso,

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*