Mentirinhas #691 - Mentirinhas

27 de agosto, 2014 Postado em: Mentirinhas

mentirinhas_681Não confio em médico que não usa termo técnico. O certo é quebranto.

 

comentários

15 Comentários

  • Ricardo Oliveira disse:

    Já eu não confio em médico que não diagnostica VIROSE

  • Ronaldo disse:

    Muito bom!

  • Lita disse:

    Minha avó era uma “médica” muito conceituada e respeitada na cidade. Além de exercer a função, ainda lecionava para futuros “médicos” que quisessem aprender esta arte. Era famosa pela precisão nos diagnósticos e na eficácia nos tratamentos… Curou inúmeros casos de mau olhado em bebês (mães, tomem cuidado com estranhos que elogiem muito seus bebês… pode ser inveja enrustida e resultar em mau olhado crônico), tratou com destreza vários casos de quebranto, receitava galhinhos de arruda atrás da orelha e chá de quebra-pedra… benzia com frequência pessoas com suspeita de encosto… Deixou muitos pacientes satisfeitos, além de formar muita mão de obra especializada… Um exemplo de profissional!!!!! 😀

    • Luana disse:

      Lita, minha avó também era profissional assim, além de “chumbar as bichas”.
      Esses dias eu estava comentando em casa, que ela se foi, e não ficou ninguém de nós com esses ensinamentos. Isso está se perdendo.

    • Fex disse:

      Minha avó também era médica, mas só atuava na família.

      E as receitas eram simples: para machucados recém-abertos, sebo derretido. Pra todo o resto: arnica.

    • Marechal disse:

      Muita coisa dessa “medicina popular” vem de conhecimento antigo. As ervas, os chás, as infusões, os banhos. Nossas avós trataram nossos pais e a nós diversas vezes desta forma (pelo menos, quem tem mais de 35,40 anos). Hoje, muito se tem de moderno, de química, de farmacêutica, mas nada cura mais que carinho e chazinho de vó. E a medicina começa a se curvar, em algumas características: quando o paciente confia plenamente em quem o está tratando, até placebo baixa a pressão e elimina enxaqueca.

    • Lita disse:

      Arnica servia para tudo mesmo… misturado com álcool então, um santo remédio para câimbras, dedinho do pé batido em móveis, dor nas costas, etc!!!

  • Bruno disse:

    ahhhh sim! sim! sim! mas cadê a seção dos tratamentos, tratameeeeentos! :0 por favor! um desaprendendo com isso. 😀

  • Fex disse:

    Vou receitar uma oração de quatro em quatro horas e seis sessões de metafisioterapia.

  • Alan Robert disse:

    Alienação dos sentidos, quebradeira de espinhaço.

    Um dia o “oficial” era assim.

    http://super.abril.com.br/historia/morreu-446098.shtml

  • Mayakovisky disse:

    Perguntinha básica: Sra. Coala riu quando leu esta tirinha?

  • Sylvia Tamie disse:

    Nunca me esqueço de uma colega que tinha uma pinta nas costas que, segundo um dermatologista, era “muito bonitinha para ser alguma coisa”. Sorte que ela foi para outra especialista, fez uma biópsia e era câncer de pele…

  • Mari disse:

    Participação especial da sra Coala na consultoria medica…. E da minha tb, to achando.

  • Bezanga disse:

    Por essas e outras que gosto desse site! Acabei de aprender o que é quebranto! =D

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*