Insignificantes - Mentirinhas

06 de dezembro, 2013 Postado em: Mentirinhas

insignificantes2

Pois é, quando você tiver se achando o tal (The King Of Black Coconut Candy) lembre-se que minúsculas pulgas foram responsáveis pela morte de milhões de pessoas na Idade Média. Por outro lado, quando você estiver se achando pequeno demais nesse mundão velho sem fronteiras, lembre-se que até uma pulga é capaz de mudar a história.

 

comentários

28 Comentários

  • Thaís disse:

    Pois é… somos pequenos, mas nossa existência não é insignificante mesmo! Sempre tem alguém que vai sentir a nossa falta, nem que seja alguém pra quem devemos dinheiro =)

  • Anthony de Padua disse:

    Aê Coala,

    Ficou muito massa essa tirinha!
    Aula de história pura, já gosto de imaginar em usar suas tirinhas nas minhas futuras aulas de geografia, inclusive já usei quando estagiei no começo do ano, mas com essa pegada, temos cada vez mais recursos pra usar suas Mentirinhas! 😀

    Continue produzindo tirinhas com algum viés que possamos usar em aulas. Com certeza será muito bacana.

    Sim, dá uma sacada lá no terceiro quadrinho!

    Abraço

  • Preto Pobre disse:

    Esses dias eu tava fuçando na internet e me deparei com um fato muito semelhante a esta tirinha que me fez pensar um bocado e de certa forma me deu uma angústia na pleura:

    Existe uma estrela chamada NML Cigny. Simplesmente o maior “objeto” conhecido pela raça humana… Pensa ai que ela é quase 3 milhões de vezes maior que o sol… e pensa que o sol é 1 milhão e 300 mil vezes maior que a Terra. Nem da pra conceber o tamanho da maior estrela… Nossa mente não tem essa capacidade. Ai imagina que esta estrela não é nem 0,00001% do universo CONHECIDO, pois tem o universo obscuro, que nós ainda não tivemos capacidade de observar.

    Depois disso tudo, pensei numa reportagem que li, que em uma gota dágua do oceano pode haver mais de 100 espécies de vidas microscópicas…

    pensar nisso tudo e pensar ao mesmo tempo que somos partes atômicas desse imenso e complexo quebra cabeça….
    Deus desenhou o mundo com tantos detalhes, minúsculos e maiúsculos… Será que foi só em 6 dias???

    • Eliane Prado disse:

      Boa pergunta, não sei se foi em 6 dias, mas que é uma coisa perfeita e que tem muitas coisas que nossa mente não consegue nem imaginar, tem. Acho fascinante tudo isso.
      Bela tirinha Coala.

    • GuilhermeCA disse:

      O que seriam 6 dias para um ser todo-poderoso, onisciente, onipotente e onipresente?
      Só para exemplificar o que estou dizendo, na mitologia hindu, milênios equivalem 1 dia para Brahma (deus criador do Universo).
      (se eu estiver errado em algo me corrijam por favor).

      Como convencer alguém que amamos que ele(a) é muito mais do que insignificante? Como podemos ajudá-lo á não fazer besteiras que acabariam com a vida dele(a)?

    • Preto Pobre disse:

      Guilherme, tá entrando no departamento do Carlos Ruas…

    • GuilhermeCA disse:

      O meu 1° comentário ou o 2°?
      o 1° só foi uma curiosidade que coloquei, já o segundo é o ponto que eu quero ajuda.

  • Guliver disse:

    Véi. Olha a cara desse rato. Esse rato é “from hell”. No penúltimo quadrinho ele olha pra gente falando: “você é o próximo”.
    Aí no último só pra disfarçar ele faz uma carinha de “qual foi a pergunta?”

  • Anthony de Padua disse:

    “Cabeeeeeça, tá na hora de lavar,
    tchum dum, tchum dum, Gostoso!

    Fazer carinho na cabeça,
    mexer no couro cabeludo…”

    Olhando pro último quadrinho, quem lembrou dessa música?

  • Sylvia Tamie disse:

    Na verdade, olhando um ratinho assim eu começo a cantar “Tchau, preguiça! Tchau, sujeira!
    Adeus cheirinho de suor!
    Lava lava lava…”

    Guliver tem razão, esse rato tá com sangue nozóio…

  • Carlos V disse:

    Muito boa a tirinha, Coala!!
    Inspiradora!

    E, quando vi a cara do ratinho no sétimo quadrinho, pensei o mesmo que o Guliver. hehehehe

  • Thamiris Nyame disse:

    Forte … adorei !!!

  • Marechal disse:

    Coala… tá de sacanagem. Na semana Zumbi, só salvou a terça: Sexta passada, Casa da sogra.Segunda é sempre segunda. Quarta com boneca assassina, quinta relembrando em nós as indefectíveis músicas de natal, e hj, peste negra? vamos conversar pessoalmente sobre isso neste FDS. Tá na minha área, mano…hehehe!

  • Robson disse:

    Essa tirinha me fez lembrar do filme “Guerra dos Mundos”, aonde o planeta Terra foi invadido pelos marcianos, e a raça humana só foi salva por causa dos micróbios, bactérias, germes e outras coisas do tipo, que não existiam no planeta Marte…

    • Maurício Szabo disse:

      Melhor lembrar do livro Guerra dos Mundos, que é MUITO superior ao filme (e faz muito mais sentido rs).

      Como um adendo, esse (e outros livros aonde existe vida em marte e venus) foram escritos numa época em que não se conhecia a fusão nuclear. Por isso, as pessoas achavam que o sol era gigante, mas com o passar do tempo ia perdendo energia e se apagando… por isso marte era um planeta decadente, a Terra era o meio-termo, e Vênus era um jardim pré-histórico… tem até um episódio do Chapolim em que eles vão pra vênus, que lembra bastante a pré-história.

  • Thatï disse:

    Muita informação pra uma sexta feira… :/

  • Carolina disse:

    Genial, Coalinha! Genial.

  • Sylvia Tamie disse:

    O Coala também podia lembrar que as pulgas só puderam causar milhares de mortes porque os ratos se proliferaram depois que a Igreja Católica começou a dizer que os gatos eram servos do Capiroto. A Peste Negra é o primeiro desastre confirmado relacionado ao desequilíbrio ecológico, portanto também é a lição de que todos os nossos atos têm consequências!

  • Bezanga disse:

    Boa, Coala! Adoro essas tirinhas super criativas que você jamais pensaria ver em qualquer outro lugar! Parabéns!

  • Lucas disse:

    Tendi, se quiser atenção é só matar um monte de gente, valeu koala
    #partiu terrorismo

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*