Audazes #6 - Mentirinhas

16 de agosto, 2013 Postado em: Coala, Hq

coala_bomba6banner

coala_bomba6Auxiliar no parto é muito legal, mas não tem nada de bonito!

comentários

27 Comentários

  • Diego H. disse:

    “Droga! Eu adorava molho a bolonhesa”²
    E como vc sabia q eu não estava preparado para “as tirinha de sexta”, e resolveu mudar ela um pouco para me alegrar?

  • Ana disse:

    Ai, Coala, eu AMO os Audazes!!!!

  • Deko disse:

    comprovado…quem toca no volante e dirigi é possuído por alguma força maligna que força o cara a arrancar grana dos amigos >_>!

  • Preto Pobre disse:

    Gosto da saga Audazes. Um dia vira filme (Tarantino já tá de olho).

    Bom, como vcs sabem eu trabalhei no IML do RJ. Coisa linda de se ver…
    Fábio me fez ter momentos nostálgicos sobre várias histórias e não sei se ele fez de maneira humorada ou retratou a realidade que ele viu, mas arreganhar um corpo morto enquanto se come um sanduba é algo meio “normal” por lá. Uma vez uma senhora se jogou nos trilhos do metro e (é claro) não ficou muito bonitinha de se ver… Durante a necrópsia o desgramado do Zé tava comendo sanduíche de carne assada!!!

    Já que o Fábio falou de parto, vou falar algo que me traumatizou e até hoje me faz adotar posição fetal e repetir inúmeras vezes “Bob esponja não existe… Bob esponjanão existe…”:

    Lá estava eu, preto como sempre, pobre como nunca e me chega uma grávida de 8 meses e meio que havia sido assassinada em um assalto de carro. Revolta a parte, precisávamos remover a criança do interior dela. O Desgramado do legista resolveu fazer um “parto” e ensinar pra gente como faz… Só que um corpo morto não ajuda muito. Sei que quando a criança saiu da mãe, não sei se foi estímulo de algum nervo ou sei lá o que, só sei que o feto abriu os olhos e tipo… nos encarou. Depois daquele dia prometi que fazia necrópsia até em zumbi esperneando, mas me recusava a encarar abrir grávidas. Me marcou aquela cena…

    E vc Coala, já teve a infelicidade de resgatar uma grávida que infelizmente não sobreviveu? Já teve uma criança morrendo em seus braços? Sempre pensava nos bombeiros que resgatavam os corpos que chegavam lá. Ta ai um pessoal que sempre terá meu respeito… Haja psicológico para encarar essa profissão.

    • Márcio Melo disse:

      Que treta… depois de um tempo deve se tornar banal, toda essa morte, né…?

    • Preto Pobre disse:

      Depois de algumas semanas sim, foi um dos motivos que me fez sair. Eu já tava insensível para desgraças e quando via um acidente já pensava: “Ah, moleque…. daqui a pouco to abrindo teu crânio!”…

      Mas o que me fez sair mesmo foi quando um amigo meu levou 4 tiros e eu só soube quando ele chegou pra gente fazer os procedimentos.

    • GuilhermeCA disse:

      Deve ter sido pesada essa época, mas eu não entendi a relação com Bob Esponja. Pode explicar por favor?

    • Preto Pobre disse:

      Guilherme,

      Tenho um amigo meu meio bobão… Tem minha idade e até hoje ele vê Bob Esponja. Conheço o cara há mais de 20 anos e tenho liberdade de sobra para tirar todo tipo de brincadeira com ele… Certa vez, ele falou alguma idiotice e eu respondi: “Para com isso cara, Bob esponja não existe!” AI ele se encolheu no sofá e ficou repetindo esta frase. Ai hoje quando algo constrangedor ou bizarro existe, a gente brinca repetindo este ato. Coisa de pobre, liga não…

    • GuilhermeCA disse:

      Agora eu entendi, valeu! kkkkk
      Eu e o meu irmão fazemos várias coisas parecidas com essa.

    • stribus disse:

      Ah bom!
      tinha achado que tinha falado do bob sponja por o bebe estar todo perfurado parecendo uma esponja

  • Ourisso disse:

    Ééééééé´…. já sei que hoje vou evitar molhos de tomate :/

  • Márcio Melo disse:

    Aparentemente essa história da garrafa é beeeeem recorrente…

  • Deko disse:

    Veeeeeeeei…o quadrinho do Pronto-Socorro….depois de ler 5 vezes “boquinha da garrafa”…a acho que me veio uma coisa na cabeça que eu espero realmente que o Coala não tenha encarado….crendeuspai…..so pode ter sido a visão do inferno………

  • Isael disse:

    Essa vida de socorrista não é mole… Audazes Bombeiros: Respeito eterno a esses irmãos de farda!!

  • Bruno disse:

    Se não foi dançando na boquinha da garrafa como foi parar ali? kkkkkkk E caraca, foi uma garrafa daquele bichinho zoiudo. Eu tenho medo daquele troço, putz. :\

  • Bezanga disse:

    O pior é que você se acostuma a essas situações mesmo! Na época que frequentava o anatômico da faculdade, ninguém mais se importava com os corpos e o lanchinho era feito ali em cima mesmo. Tinha uma amiga que chegava a colocar um guardanapo aberto sobre a barriga aberta do cara pra poder apoiar a comida. O.o

  • Marcos Neves disse:

    Uma amiga minha contou que a mãe dela, enfermeira, atendeu uma vez uma pessoa que estava com uma lata de Trés Brut atochada. Crendeuspai, viu.

  • Preto Pobre disse:

    Imagina para explicar para a família: Antes de clicar, saiba que a matéria pode chocar. Se vc é de menor ou não curte bizarrices, não clique:

    http://www.medicina.ufmg.br/imagemdasemana/caso08.html

    (tem muito termo técnico, quem entende um pouquinho de medicina vai sacar melhor, mas as imagens dizem tudo… Agora quero ver explicar em casa como aquilo foi parar ali)

  • ErvinhaVV disse:

    Atendemos no centro cirurgico uma vez um cara ja coroa …o leandro foi abrindo o “cooollll” com o especulo,..remexeu com a pinça …advinhem o que tinha ? uma Batata inglesa inteirinha! juro que fiquei olhando p ver se nao saia tambem uma cenoura ..um rabanete…

  • Wah disse:

    Alguém alem de mim não está conseguindo ver as tiras? Aqui não aparece no Chrome, só no (aimeudeus) internet explore

  • Hellen disse:

    O Valdo é tão eu! *-*
    E apoio a próxima HQ sendo dos Audazes \õ/

  • ffoxrj disse:

    kkkkkkkkkkkk..a tira é excelente …mas os comentários de hoje estão melhores …..malditos ninjas ….”comedores” de batatas, garrafas e outros bichos……………kkk

  • Feola disse:

    aaaaaaaaaaaaaah vida de bombeiro é show!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*