Amigo - Mentirinhas

13 de abril, 2012 Postado em: Coala, Hq

 

 

 

 

 

 

 

comentários

240 Comentários

  • jonathas disse:

    Acho que vo chorar muito boa Coala (y) um cachorro sempre alegra a gente quando ta triste(e quanto tamos alegre elas mata a gente de lambidas e mordidas SAHSHASHA)

  • @Humor_Imbecil disse:

    Já tive cachorros e gatos, que morreram envenenados por pura maldade humana, e sei a dor da perda de um animal querido. Realmente eles dão muitas alegrias e também fazem muitas bagunças, mas são melhores amigos que muitos seres humanos…

  • Ana Zugaib disse:

    Sacrificar um cachorro é o pior dia na vida de qualquer um. E sim, os cachorros (animais em geral) são melhores que a maioria das pessoas…

  • Suuu disse:

    Oinnnnnnnnnnnnnnnn!

    =’)

    Linda historia, to chorando que nem uma boba aqui!
    Eu tenho uma tbm e já fiz um pacto com ela, pra ela viver enquanto eu viver. Vamos ver se ela cumpre…

  • Linda história Coala…. parabéns pelo amigo!!

  • Jacque disse:

    Bom dia Coala,
    Puxa…mordi o lábio aqui pra não chorar no trabalho…rsrs
    Bichinhos são assim mesmo…chegam e roubam o coração da gente mas infelismente eles vivem pouco e quando se vão levam um pouco da nossa sensibilidade junto…eu amo bichinhos mas sempre que tenho que me despedir penso que nunca mais vou querer ter outro pra não ter que sofrer novamente…até outro aparecer e…bem…ehehe o final vc já sabe….
    Ótima tirinha como sempre…
    Bjão.

  • Tatiane Lopes disse:

    Essa história é muito linda! Fiquei muito emocionada, pois também perdi uma cachorrinha! Foi difícil conseguir ter outra, mas pensei que seria injusto não dar essa oportunidade tanto pra mim quanto para outro cachorro, pois tenho muito amor pelos animais. Hoje tenho uma rottweiler (que é uma doçura) e tenho uma poodle toy (que morde a rott rsrsrs). Elas são como filhas pra mim e para meu marido. Choro só em imaginar que um dia elas irão partir, mas faz parte da vida. Bjos. Tati Lopes.

  • Fabricio Obregon disse:

    Eu nem chorei viu (ainda bem que estou no trabalho). O “mostrando o saco” foi impagável.

  • babs disse:

    Ah Coala! Como é que você sempre me faz chorar assim tão fácil?

  • Coala, seu feio, me fez chorar no trabalho T___________T (sorte que o pessoal tá sempre chegando atrasado e não viu)

  • Talita Bardese disse:

    Bom dia Koala…

    Sinceramente, nem sei o que dizer. Qualquer coisa que eu fale, será pouco pelo que estou sentindo…

    Já tive alguns animais, já infelizmente tive que sacrificar um e resgatei um há 6 meses da rua que possui um problema grave na medula e posso dizer o seguinte o amor de um animal é incomparável, insubistituível e confortante. Você pode brigar ou qualquer outra coisa, mas eles sempre vão te amar e saber que você o ama…

    Sei que há pessoas que acham que os valores estão trocados, que deveriam adotar crianças ao invés de animais e bla bla bla…Mas a realidade é, qualquer Ser vivo merece ser amado, ser bem cuidado e além de tudo respeitado.

    Fico mto feliz por você ter colocado este post, pois foi uma lina homenagem ao seu amigo e tenho certeza que ele lá onde estiver ficou mto feliz!

    Obrigada pela tirinha Koala realmente foi a mais linda que já vi.

    OBS.: Li essa tirinha no metrô e me emocionei mto…td mundo ficou me olhando, mas eu nem liguei…rs

  • Karla disse:

    Estou chorando igual criança. História muito linda.
    Você deve sentir uma enorme dor né, mas é muito lindo que depois de todo esse tempo ainda se sinta assim em relação ao seu bichinho.
    Emocionei!

  • Lindo demais, fico me perguntando como vou sobreviver sem minha cachorrinha. E sim, os cachorros são bem melhores, bem mais amigos que muitos humanos por aí. Parabéns Coala!

  • Juliana disse:

    Chorei!! :’)

  • Renan Wisniewski disse:

    Vou ali abraçar meu dog e já volto.

  • Osmar disse:

    Chorei me lembrando de meu amigo um Pastor alemão que me deixou a 2 anos…..

  • Carol disse:

    Tambem tive um cachorro quase, assim mas ele morreu com 11 anos.. de causas naturais… e ele numca entrava dentro de casa…mas no dia em que ele morreu ele foi ate onde todos estavamos e despediu de cada um encostando a cabeça nos joelhos de cada um que estava lá… e saiu..oara numca mais voltar…!!!!.. Meu Melhor Cachorro….Eu andava em cima dele…rsrs T_T

  • Gabriela disse:

    Ah, que triste! ): A primeira parte sei bem como é, passei por isso há pouco… Mesmo tendo ficado pouco tempo com a Bali (minha cadela que morreu de Parvo também, depois de 1 semana comigo e 1 semana no hospital) é incrível como a gente se apega a esses bichinhos. Demorei pra me recuperar, até que apareceu um Golden de 5 anos e eu adotei!
    Cães são as melhores companhias, com certeza! Não me imagino mais sem meu ogrinho haha

  • Marlon Drachler disse:

    muiito bonito cara, parabéns 😉

  • Ai que lindooooo!! *-*
    Sempre tive cachorro, sempre mesmo! Desde os meus 2 anos de idade.. eu não consigo nem imaginar minha vida sem a companhia de um animalzinho… e concordo PLENAMENTE em você; animais são bem melhores que pessoas.. rsrs

  • Joao Carlos disse:

    Nunca tive a oportunidade de ter um animal de estimaçao por meus pais nao permitirem.

    Hoje, ja velho, tenho pena de colocar um animal destes num apartamento tao pequeno…

    Mesmo nao tendo vivido a mesma experiencia de meu amigo coala, me emocionei como criança, pois imaginei como teria sido minha vida com uma amiguinho destes em volta abanando o rabo com muitas aventuras…

  • Não tem como não se emocionar, principalmente depois de passar o mesmo que vc, Coala.
    Quando eu tinha uns 10 anos, ganhei um gato siamês, o Joe. Ele chegou minúsculo, magrinho, ainda filhote, e cresceu um gato bonito e saudável. E ao contrário de muitos gatos, apegado com a família e carinhoso.

    Um dia, ele passou a ter problemas para urinar. Descobrimos que ele tinha propensão a ter problemas nos rins, e não havia muita solução. Após alguns meses difíceis, em que ele só podia comer uma ração especial, cara, e mesmo com tratamento médico ele continuava doente, tivemos que realizar a eutanásia, pra aliviar o sofrimento dele.

    Quando um amigo da família levou ele embora, eu não tive coragem de ver ele indo… Hoje eu vejo que devia ter me despedido dele. Joe morreu aos 3 anos de idade. Era tão carinhoso, talvez mais do que qualquer bicho de estimação que criei antes ou depois.

    Há quase um ano adotamos um cão de rua, o Pretinho. Ele tinha um problema na pata, devido a um atropelamento, mas ficou praticamente curado. E hoje é a alegria da casa. Um pouco parecido com a forma do Shark agir haha ;P

    Obrigado por mais uma tira linda, Coala. Me fez lembrar com saudade do meu bichano e ver como tanta gente já teve sua vida marcada por essas criaturas que conseguem nos dar tanta alegria e encontrar nossa verdadeira humanidade.

    • Aline Alves disse:

      Meeeeu, que linda história… Meus animais de estimação sempre foram muito especiais… E fazem uma falta imensa! =(

  • Alvaro disse:

    Cara, simplesmente sensacional!

    Como muitas pessoas, me identifiquei demais com essa história. Tenho um Shih-tzu chamado Corleone, que apronta tudo o que o Shark aprontava, mas mesmo assim tenho um amor incondicional por ele! Ele é irritado, antisocial, porcão, mas um amigo sensacional. Nos momentos complicados, ele sempre está ali por perto, chega nos meus pés, deita e fica me olhando, como quem diz “fica sussa, vai dar certo!”.

    Ele só acabou com meu rack, mijou em “alguns” lugares (cama, guarda-roupa, mesa, cadeira, sofá, geladeira, freezer, máquina de lavar, tênis, chinelo, outros cachorros da casa), mas é o MEU Corle!

    Cara, seu site é sensacional!

    Um grande abraço,

    Alvaro

  • neto disse:

    Coala, sei bem como é isso.. tanto é que tenho 5 cães em casa… sei o que você sentiu, pois ja perdi uma grande amiga que viveu comigo por 13 anos… e sei que também vou sofrer muito quando os atualmente de casa partirem.

  • Briella disse:

    que lindu *-*

    Calou a boca de todo mundo mostrando q seu PITBULL era mais humano q muita gente *-*

  • Paula disse:

    Tirinha linda, coala, parabens….

  • Digo Freitas disse:

    Cara, perder um cão é uma dor sem tamanho. A minha cadelinha de quase 14 anos morreu no dia das crianças ano passado…
    Quase que ensaiado, conheci e perdi a melhor cadelinha do mundo no mesmo dia.
    Às vezes me pego imaginando ela correndo no quintal e fazendo festinha quando eu chegava da faculdade.
    Hoje ainda tenho mais um, que era subvalorizado lá em casa, e hoje o trato com muito carinho, para não ter nenhum arrependimento de não ter dado a atenção que ele merecia quando partir.
    Mas tenham cães, é muito bom!

  • jessica cristina silva de assis disse:

    cachorrro é tudo de bom mesmo tenho dois que são os meus amores.lembro que uma vez estava sentada no sofa chorando pq estava muito triste. E a minha cachorra belinha de 9 anos sentou do meu lado e começou a me lamber só parou quando parei de chorar, era a maneira dela de me confortar. eles realmente são amigos fieis.

  • Victor disse:

    AAAAAAAWWWWWNNNNNNNNN *———-* história comovente!

  • Will disse:

    Não consegui ler sua historia ate o fim. Perder um cachorro amigo e a pior coisa que pode acontecer. Eu sei bem como é. fui obrigado a mandar sacrificar minha pequena a duas semanas. Ela estava sofrendo muito. Chorei horrores. Fica assim não que apesar de doer uma certeza é que todos um dia se vão. Agora é hora de olhar pra frente. E nada melhor pra dar um consolo (porque nao da pra esquecer) que um novo filhote.

  • gege disse:

    Coalaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa nao me faça chorar!!!!! me aperta o coração só de pensar nisso … o meu cãozinho ja vai fazer 13 anos … T__T

  • nelson disse:

    mto bom!

  • Andre disse:

    ô bicho, não faz isso… chorei aqui, sério mesmo

  • Thamiris disse:

    com meu amigo Max tbm fi assim, no coeço minha mãe e minha irma ñ queriam ele, mas deposi a familia inteira o amava, ele era super inteligente e brincalhão. Mas nasceu doentinho, ñ ganahva peso, e aos 3 anos tive que levá-lo ao veterinario, e voltei sem ele. #Saudades.
    Linda sua historia e do Shark, Coala!

  • Mariana Sorc disse:

    Perder um animal é muito triste. Muito muito muito. Eles são parte da família, e nos amam e sempre tentam nos fazer feliz.
    Já perdi alguns grandes amigos, mesmo assim, eu sempre pego outros, pois sei que muitos cães precisam tanto de mim quanto eu deles.
    Sinto muito pela sua perda. E espero que no tempo certo vc encontre um novo amigo.

  • Vinicius disse:

    Fantastico !!

  • Patrick disse:

    Acho que tudo já foi dito nos comentários anteriores. Muito boa essa “tirinha”.

  • Jaque disse:

    Que lindo Coala, tive uma cadelinha que conviveu comigo durante 13 anos e infelizmente tivemos que sacrificar, faz 1 ano isso! É tão doloroso perder seu animalzinho!!

  • Crislay disse:

    Ahhh Coala chorei de soluçar! Ninguém sabe melhor que eu a falta que esses amiguinhos fazem… eu já tive cachorros, 3, pra ser exata! Todos eles tiveram mortes muito marcantes pra mim. A minha última cachorra morreu de uma doença de terreno, perto do natal. Eu nunca mais vou ter cachorro, porque qualquer cachorro que pise no meu quintal pega sinomose. E essa doença não tem cura. Pena que fiquei sabendo disso tarde demais. Olha uma fotinha dela aqui: https://lh5.googleusercontent.com/-qwWjndyRLKg/TUscBp5fJWI/AAAAAAAAAEc/soJZhU61xaA/s512/P1110766.JPG
    Obrigada, Coala.. Por me fazer sentir a presença dela denovo =D

  • Eduardo C. disse:

    Sensacional, sem mais. Parabéns pela história!

  • JB Silveira disse:

    Droga de cisco no olho, me fez lacrimejar.

  • renata de toledo disse:

    buááá, buááá, Coala maldito, e como eu explico agora no escritório a maquiagem toda borrada???

  • Vini disse:

    O host comeu meu comentário, enfim, eu tinha escrito que esta tirinha me fez chorar pq tenho um cadelinha Schnauzer com 11 anos que está com insuficiência renal terminal. Cada vez que ela é internada, penso que pode ser a última vez e, pior ainda, que eu tenha que tomar a decisão da eutanásia(mesmo amparado pela vet, não é nada fácil). Só quem tem bicho pra saber…

    PS: a pinscher é (era) a cadelinha zumbi do natal??

  • Kelly Bastos Binhote disse:

    Linda história, quase nunca comento, mas esta tirinha foi de tocar o coração, me fez lembrar dos meus cachorrinhos, o Fofinho, que morreu envenenado quando eu ainda era pequena e da Judy, uma bassê meio vira-lata que morreu ano passado, depois de 13 anos na família.
    Sinto muita falta dos meus animaizinhos.

  • lolol disse:

    to chorando no meio da sala de aula!

  • Thatï disse:

    Acho q oq tornou essa HQ do Shark tão bonita, Coala, é pq muuuuitas pessoas já tiveram a perda de um cão (ou gato) especial, daqueles q nossos corações escolheram como “alma gêmea”.

  • Danielly disse:

    Muito lindo… chorei. Já tive 3 cachorras: Juma- 17 anos, Sasha – 15 e a pequena Buba – 8 anos (nasceu deficiente), mas cada uma delas está na minha memória assim como o seu Shark. tão bom ter esses bichinhos p/ nos alegrar.

  • Angela disse:

    Pô Coala, me fazer chorar logo cedo???

    linda a tira, parabéns!

  • Engoli lágrimas, mas não muitas, o resto saiu tudo. Lindo post.
    Tenho uma labradora há duas semanas, uma paixão na minha vida, nem quero pensar que um dia ela pode ir embora.
    Grande Abraço.

  • Caio disse:

    Cara, incrivelmente maneira, me fez lembrar o qnt meus cachorros são especiais pra mim!!!!
    Parabéns!

  • Thamires Sousa disse:

    Poxa Coala, essa tirinha caiu como um soco no estômago!
    Todas as manhãs eu entro do trabalho e leio suas tirinhas, mas essa foi excepcionalmente dolorosa pra mim.
    Então eu resolvi explicar o porquê e compartilhar um pouquinho da minha (triste) história…
    Em 2006 eu ganhei uma poodle de um dos meus vizinhos uns dias antes do meu aniversário, que sabia que na minha casa sempre teve cachorro. No ano anterior, nós havíamos perdido um rottweiler e desde então nossa cocker estava sozinha. Minha mãe decidiu batizar a poodle com o nome Mirna por causa da novela das seis que passava na época, só que não muito tempo depois ela voltou a ficar sozinha. A Cocker que era do meu irmão acabou falecendo e todos ficamos tristes em casa, afinal, elas eram parte da família.
    Em 2008, com a Mirna já grandinha, minha vizinha veio perguntar se a gente tinha interesse em ficar com um suposto filhote de rotteiler, porque a cadela iria crescer e ela não tinha espaço em casa. Ninguém mais queria ficar com a pobrezinha, nem a minha mãe. E eu fui a única a ficar perdidamente apaixonada por ela. Implorei, insisti e acabei conseguindo. Ela era bonitinha e desengonçada, na verdade, era misturada de rottweiler e pastor alemão, mas isso não mudou meu amor por ela. Como toda vez que ela abanava o rabo acabava “rebolando” junto, acabamos por batizá-la de Shakira. Meu irmão tava meio triste, porque as duas eram minhas e meu tio deu uma filhote da cria de cocker dele pro meu irmão. Era igualzinha à nossa última e ele batizou de Kiara, por causa do Rei Leão 2.
    As três cresceram juntas e nunca brigaram, até o final do ano passado, quando a Shakira resolveu abocanhar a Mirna pelo pescoço e sacudi-la feito um pedaço de pano velho por incansáveis 20 minutos sem soltar. Eu tinha acabado de chegar em casa e não tinha mais ninguém, como eu não consegui separar, tive que esperar minha mãe chegar pra poder separar a briga. Durante esse tempo, eu gritei a plenos pulmões e chorei sem parar, sem que nenhum vizinho se manifestasse pra ajudar. Quando minha mãe finalmente chegou, eu achei que a poodle já estivesse morta. Mas, pra nossa sorte, ela conseguiu sobreviver. Passei a noite em claro do lado dela, pois quando se sentia sozinha, ela ficava com medo e chorava. Ela ficou dentro de casa até se recuperar e conseguir se locomover sozinha, em contra parte, a Shakira ficou na corrente durante esse período e um pouco mais, até a gente saber que ela estava bem comportada. Eu dizia pra minha mãe que ela tava com ciúmes e que era só nós darmos mais atenção à ela que ela não faria de novo.
    Infelizmente, ela atacou a cocker e passou a ficar presa na corrente enquanto as outras ficavam soltas. Como as outras sempre iam pra perto dela e ela nunca fazia nada, achamos que ela já podia ficar solta novamente. Eu estava quase convencendo os meus pais disso, quando ela atacou a poodle de novo e furou a barriga dela. Não foi nada muito grave, foi mais o susto, o que fez a gente resolver que todas elas deveriam ficar na coleira.
    As coisas estavam dando certo, já que a Shakira não tinha como fugir. A corrente dela era dessas que enforcam e ficava presa em outra corrente que estava fincada em uma pilastra da casa.
    Na sexta-feira santa, minha mãe foi pra uma UPA com o meu pai pra fazer contagem de plaquetas e eu tinha ido com o meu namorado comprar os ovos de páscoa que estavam faltando. Liguei pro meu pai, que já estava com a minha mãe na casa da minha tia, e disse que esperaria na varanda de casa com o meu namorado, pois estava sem as chaves.
    Cheguei em casa, abri o portão da garagem e vi a Shakira solta. Fechei o portão rápido e sai da calçada, indo pra calçada da vizinha, com medo de que ela fizesse alguma coisa com as outras duas e liguei pro meu pai pedindo pra ele ir logo pra casa e explicando a situação.
    Mas quando eles chegaram já era tarde. Encontraram a Kiara morta, “destruída”, quase dura e o quintal lavado em sangue, já seco. A Shakira não queria soltá-la, abocanhava a cabeça da coitada repetidamente, enquanto minha poodle chorava apavorada. Meu pai teve que colocar o corpo num saco e não deixou que eu e o meu irmão víssemos a cena.
    Não tivemos outra alternativa quanto a isso e, com muita dor no peito, no sábado de manhã eu tive de levar a minha Shakira para ser sacrificada.
    Aquela mesma cachorrinha que ninguém queria e que, no final, fez todo mundo chorar…

    • Gustavo disse:

      Ótima tira, Coala. E Thamires, que triste! Se já é chato perdermos um bicho de estimação por causas naturais, é ainda pior quando um de nossos bichos fere/mata outro de nossos animais. Espero que apesar do ocorrido, sua poodle esteja bem e que você seja muito feliz com ela.

  • Ruthléa Nascimento disse:

    Caramba Coala, que tira perfeita! Bela homenagem ao seu amigo e, se me permite, acho que todo mundo que já enfrentou a mesma dor que a sua, sente um pouco como homenagem ao próprio cãozinho amado perdido. Eu mesma já perdi vários na vida, mas o mais marcante foi a perda da minha pinscher Kitty, que tinha só 4 anos. Isso já faz dois anos, mas ainda sinto a falta dela, embora hoje lá em casa tenhamos 5 cadelinhas as quais amo muito.

  • Emerson disse:

    Coala, acompanho o Mentirinhas a um bom tempo, mto tempo mesmo… E nunca comentei nenhuma tirinha, apesar de adorar seu trabalho.
    Já ri mto com algumas tirinhas, me arrepiar com outras, algumas não gostei mto, confesso… Mas essa, não sei explicar.

    Tenho uma paixão incondicional por cachorros e sei como é a dor que sente após a perda… Força aí rapaz!! A missão dele na Terra acabou, mas a sua não!!

  • Rafa disse:

    Eu também tive que levar um amigo pra ser sacrificado… lembro-me que foi a única vez na vida que chorei dois dias ininterruptos… sei que um dia, de alguma forma, estarei novamente com ele.
    Parabéns pela história

  • maria paua disse:

    to chorando feito uma loca =(

  • kitsune154 disse:

    ç__ç
    Bichinho é td de bom. Não importa se é cachorro, gato… etc. São grandes companheiros e com personalidade propria. Sempre nos fazem compania nos bons e nos piores momentos, e quando precisam partir deixam um vazio grande. Ainda tem muita gente ignorante que faz questão te maltratar, o que é uma coisa que não consigo entender.

  • Walkíria disse:

    Ahhh, seu Coala danado!!
    Me fez chorar aquii!!! T____T

    Minha cadelinha já vai fazer 7 anos e teve uma crise renal há poucos meses… quase morri só de pensar que fosse ficar sem ela..

    Já passei por isso uma vez e sei o quão dolorido é!

    Mas parabéns pela tirinha. É uma linda homenagem!!

    *.*

    Bjks

  • Ju Lins disse:

    Confesso que choreeeei litros. Tive um Rotweiller que era praticamente assim, nome dele era Eros.
    Ganhei ele em 16 de julho de 2000,e ele ficou comigo até meados de 2008. Meu pai tirou ele de mim na época e levou pra um presídio de segurança máxima porque lá precisavam de cães de grande porte e como tinha bebê em casa, ele achava que ninguem tinha tempo de cuidar dele. Tempos depois fiquei sabendo que um dos guardas de lá fora mordido por um cão novato, e esse mesmo guarda matou o cão de porrada… não sei se era meu Eros(ele nunca fazia mal a ninguem, a não ser que fizessem a ele),mas mesmo assim fiquei em desespero.
    Hoje eu sinto uma falta lascada dele,as vezes sonho com ele e ainda me pego chorando por causa disso(como agora).

  • Camila disse:

    Não me lembro de ter comentado outro post, mas assim como as histórias do Monstro, essa me tocou profundamente. Há um ano perdi também a Bandida, minha Pincher. Veneno de um sapo. Foi muito triste ver o sofrimento dela. Mas a alegria de tantos momentos que ela me proporcionou veio a tona lendo esses quadrinhos e com lágrimas pelo meu rosto escrevo este comentário. Obrigado Coala, continue com seu trabalho, você vai longe!

  • Grace Alves disse:

    lendo isso vejo que não estou nada preparada pra me separar do meu amor Dique!!!! Que medo deu agora!!!
    Vejam a história do meu encontro com ele:https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2978058405894&set=a.2861413009832.2115546.1094891421&type=1&theater

  • Vagner disse:

    Maldito coala, mal posso ver seus movimentos, pois as lagrimas embaçaram meus olhos.
    Cara suas histórias realmente tocam fundo no coração.

    Parabéns por tão maravilhosa inspiração e meus pêsames pela perda do seu amado amigo (embora eu saiba que já faz tempo, mas sei que a dor sempre nos atinge o coração quando lembramos). Que você tenha sempre ótimos momentos para lembrar do Shark.

  • rodrigo disse:

    LIndo……. essa doença parece Cinomose .. já perdi cinco cães por causa dela……… é muito sofrimento para o animal.

  • Guilherme disse:

    Linda a história Coala, tive que me conter pra não chorar no trabalho aqui! Eu tive um vira-lata que se foi a uns 6 anos atrás que eu sinto muita falta até hoje, ele era incrivel! Agora eu estou com um Golden Retriever de 2 meses, o cachorrinho mais legal do mundo, meu filho, nem gosto mais de pensar como seria ficar sem ele!
    Abração!

  • Emi disse:

    Ah Coala, tenho 7 cachorros ao todo. Fora o coelho… Faz isso não. Já passei por perdas também… Chorei com seu post. E seu Shark era muito lindo. Mas não desista de ter um amigo por perto. Que tal um novo amigo? Ninguém substitui ninguém, mas criamos novos laços e além do mais eu acredito que animais reencarnem, então, talvez o Shark esteja doido pra voltar pra te ver!
    Beijos!

  • Cris Marques disse:

    Que post mais lindo, Coala!!!!

    Adorei saber que o Shark foi muito feliz enquanto esteve ao seu lado. Ele deve ter adorado a Tirinha no lugar que ele está!!!

    =)

  • Reinaldo disse:

    muito triste meus pesames pela morte do seu cachorro

  • Sueli disse:

    Uma tirinha sensível e muito verdadeira, principalmente para pessoas que teem saudades dos seus amigos que se foram.
    Parabéns!

  • Lucas Góis disse:

    novamente coala, me fazendo chorar na minha sexta…..

  • Sarah ^^ disse:

    Eu nem sei o que eu faço sem o Mimi e a Ravena (gato e cadela),
    mas de uma coisa eu sei, cada momento é eterno…
    Fica bem Coala…

  • Rato disse:

    Que triste. Com tantos cachorros para adoção ele vai e compra não só um, mas dois. ='[

    • Fábio Coala disse:

      Puxa, você deve ser uma pessoa especial… Nos conte o quanto você é nobre, por favor.

    • Leonardo Lovo disse:

      Que comentário mais escroto e desnecessário… Quem é você para julgar? Os cachorros que ele comprou também precisavam de um dono, de um lar. Ele é uma pessoa pior por ter ficado com eles? Lamentável!

  • Fernanda disse:

    Pra variar…a tirinha de sexta me fazendo chorar no trabalho!!! Amei!!!! e pra variar já espalhei!!!! Eu tenho uma gatinha q nem quero pensar no dia q ela se for….

  • william disse:

    o coala é bom em fazer a gente chorar

  • carol disse:

    chori =´(
    saudade dos meus bichinhos </3

  • Jana disse:

    Nossa, chorei muito…muito linda a amizade de um cão. Tive um rotweiller que parecia mais um irmão que um cachorro…e um dia do nada encontramos ele morto debaixo da cadeira da cozinha, o lugar preferido dele dormir. A dor é enorme nessas horas…não tem o que fazer, restam somente as fotos, lembranças e a saudade eterna.

  • Animal é algo sensacional mesmo… parabéns pela tirinha cara, você manda bem demais!

  • Havana disse:

    Ei cara, isso não se faz. Eu li isso no trabalho, e tá todo mundo perguntando pq tou com os olhos vermelhos!!

  • Ingridy disse:

    Chorei muito com sua história, pois passei pela mesma coisa… Meu amigão se chamava Sheik, era um companheiro maravilhoso e também tivemos de levá-lo para sacrificar, pois ele estava sofrendo. Tinha 16 anos, mas parecia ter metade. Sinto muita saudade dele e de outros que já perdi.
    Sem dúvida, animais são infinitamente melhores do que seres humanos…

  • Paolo Fecci disse:

    Foda, Coala. Sua técnica e seus enredos são sempre fodas!

  • Lhaiza disse:

    rpz…
    nunk fui mtu fã de animal n…+ n maltrato…
    + jah tive um cachorro e 2 gatos…
    e n tem como a gente n sofrer qndo morrem…
    =/

    d qlquer forma, eh uma companhia msmo…

    e o seu era lindão!

  • Paula disse:

    Ahhh, q lindo..

    Tenho 3 Pit Bulls, e acho q no mundo inteiro não existe cachorro melhor… Seu Shark lembra muito a minha Luna… Lamento por ele, não imagino minha vida sem meus bebês, deve ter sido mto difícil pra vc…

    Fica bem Coala!

  • Lucas C. disse:

    Coala,
    realmente os animais são melhores que as pessoas, principalmente os cachorros. Não importa a hora do dia ele está ali sempre disposto a te acompanhar e brincar. Não guardam rancor, raiva, inveja. Não precisam de mais nada além de comida, água e principalmente amor.
    Eu sei mais ou menos como é essa sua situação, há vários anos atrás eu tive uma basse (salsichinha), era tão engraçado quando ela tomava leite e sujava as orelhas. Só que com 2 anos ela teve uma infecção no útero e morreu. Fiquei uns 2 anos sem cachorro e lembrando d+ dela.
    Depois adotei uma Boder Collie. Sempre eu cansava antes dela, nunca tinha visto ela cansada, sempre que eu chegava de viagem ou até mesmo de uma ida rápida ao supermercado ela estava lá pronta para me receber, me lambendo, pulando em mim, latindo para todo mundo saber que cheguei.
    Aos 8 anos de idade ela começou a não se alimentar bem, não urinava nem fazia coco, nem mesmo conseguia brincar, uma tristeza enorme. Depois de uns 3 dias a levei no veterinário. Ela tinha um tumor ao lado do útero. Fiquei com muito medo pois minha última cachorra havia morrido de um tumor ou infecção no útero (ñ se sabe direito). O veterinário estava indo a um congresso em Goiânia (moro no interior de Goiás) e disse que podia leva-la para fazer os exames certos e se possível realizar a cirurgia para retirar o tumor. Felizmente tudo correu muito bem e 2 dias depois ela voltou para casa com um corte de um palmo grande na barriga. Com poucos dias o corte já estava cicatrizando, um mês depois da cirurgia ela estava totalmente bem. Tinha voltado a ser o que ela sempre foi.
    Hoje com seus já quase 10 anos (meio do ano) ela continua mais alegre que cachorro de 1 ano, só que devido a sua idade ela começou a cansar antes de mim. Até hoje ela me acompanha por tudo que é lugar. Ela ainda vai durar bons anos, não troco ela por nada nesse mundo.
    O nome dela é Mini.

  • Sammy disse:

    Tive um boxer lindo, chamado Áquila. O perdemos hà uns 5 anos por causa de um câncer e nunca tivemos coragem de adotar outro.Ele era o máximo!
    Mas eu sei que na hora certa encontraremos outro cachorro não para substituí-lo, mas para dar a ele o mesmo amor e carinho que o nosso bebê teve um dia.
    Ah, é claro, tô chorando até agora…

  • Thais Lima disse:

    Que coisa mais linda, cada dia que passa o Coala me surpreende, quando pensei que não choraria em nenhum outra tira, ele me aparece com essa. Parabéns mesmo, tu tem um talento enorme e incrível.

  • Cris! disse:

    Ás vezes simples histórias. São ótimas histórias.

  • hagnat disse:

    porra coala,
    primeiro tu me faz lembrar do meu porco brinquinho (RIP) e agora tu me faz lembrar duma coisas dessas :(
    nada deixa mais triste um dono de cachorro que ter de levar um membro da familia para morrer por não haver outra solução melhor para livrar ele de dor e sofrimento

  • Elrys disse:

    Em primeiro lugar parabéns, pois a sua homenagem ao Shark fez muitos voltarem no tempo e se lembrarem de seus mascotes. Em casa sempre tivemos cachorro (a maioria sem raça definida) e lendo a tirinha lembrei de todos que me acompanharam desde a infância até os dias de hoje. Ano passado perdi o Chicó, mas garanto que enquanto puder faço questão de ter um companheiro em minha casa, pois sei que amigo fiel como um cachorro não há em lugar nenhum.

  • Carol Maria disse:

    Linda história, Coala. Eu sempre fui apaixonada por pits, quero ter um, pelo menors 😉 .
    Meus cachórros também foram para o céu dos cachórros (um pastor com megaesôfago que viveu 10 anos e um vira-lata-maior-fofureza que viveu 14, metade da minha vida passei ao lado dele; ambos muito guerreiros e fofos e ambos adotados, nunca comprei bicho).
    E com certeza, ter o privilégio de conviver com eles me fez uma pessoa um pouquinho melhor, porque eles sem dúvida são muito melhores que muita gente.
    Tanto que para me acompanhar agora tenho 4 gatos resgatados da rua que são meus amorezinhos!
    Parabéns, você soube transmitir muito belamente a história de vocês dois e sua família. Obrigada por compartilhar =]
    P.S.: Chorei de soluçar no serviço, mas tudo bem… xD

  • Hugo Sikkeira disse:

    :’)

    linda história…

  • Vitor A. Bérgamo disse:

    Confesso que nunca comentei algo aqui, mas depois dessa historia realmente tenho que dar os parabens a tirinha. Me identifico com ela pois desde que me entendo por gente na minha casa tem algum animal, seja gato, cachorro, passarinho ou td junto kkk
    Parabens pelo site e sucesso!

  • Renata disse:

    Linda e triste me emocionei… nem gosto nem de pensar na morte do meu filhote, lindo, bagunceiro, atentado e tudo de bom, que eu amo como se fosse meu filho!!!!

  • Danielle disse:

    A minha história com meu amigo começou parecida, eu peguei um filhotinho que adoeceu e morreu 9 dias depois, no dia seguinte peguei o irmão que restava da ninhada, que tinha sido esquecido e 3 meses depois, mesmo com as vacinas completas, ele adoeceu de Parvovirose. Ficou uma semana internado mas voltou pra casa e tá há 6 anos comigo, meu companheirão. Ele é um poodle e como o Shark adora se esparramar no sofá e na cama, no caso a minha, que ele pensa que é dele, hahaha.

    Quero parabenizá-lo pela qualidade do traço que é puro e transmite muita emoção e pela coragem de escrever/desenhar sobre essa história, eu chorei lendo, imagino então você, desenhando.

  • Nina Simone disse:

    Aos meus, aos nossos melhores amigos… Tenho cachorro e tenho gatos… Tenho 12 dores pela frente… Mas, mesmo assim, vale a pena!!!

  • ErvinhaVV disse:

    chorei de soluçar meu amigo…

  • Cristina disse:

    Que historia mais linda Coala…
    os cachorros sao nossos melhores amigos…
    eu tenho um poodle e ele tem 11 anos… nem imagino a hora que ele partir… vou sentir falta do meu sarninha… que mais fofa do mundo…

    os cachorros sao os melhores!! ^^

  • Elias disse:

    É, sei como é!
    Já tive que levar um dos meus gatos pra sacrificar porque um FDP deu chibinho pra ele!
    Sempre tive gatos e cachorros em casa, tudo junto, sem esse mito de que um não gosta do outro, sem preconceitos de cor, de raça, de espécie!
    O Amor dos animais, seja cachorro ou gato, é incondicional!
    E mais ainda INTEIRAMENTE VERDADEIRO!
    *7: |

  • PH disse:

    Caralho! Esse post foi MUITO FODA!
    “Os animais são infinitamente melhores que as pessoas”
    Muito bom mesmo esse post, como o resto do seu trabalho! Continue assim!

  • Eduardo Felipo disse:

    Cara, emocionante….já perdi um grande amigo e sei como se sente..e concordo plenamente que os animais são infinitamente melhores que as pessoas…

  • alex disse:

    Coala curto demais suas tirinhas principalmente estas voltadas para a emoção, essa tirinha fez eu me lembrar do meu cachorro q viveu por 12 anos um cachorro inesquecível.

  • Aline disse:

    Dói muito a perda de um amigo canino, mas a alegria que ele nos proporciona ao longo dos anos de convivência vale tanto a pena que mesmo quando perdemos um amigo e sentimos esta dor, não conseguimos ficar sem arrumar outro.
    Não teve como não se emocionar com esta tirinha, principalmente por já ter perdido duas grandes amigas.

  • Juliana disse:

    Que dor no coração ao ver a tirinha…
    Essa semana minha cachorrinha de 12 anos foi levada para sacrificar, apesar de toda minha súplica para não fazerem isso. Ela tinha um tumor gigante que não poderia ser operado.
    E ainda dói tanto toda vez que eu lembro que ela não está mais conosco….
    Parabéns pelas tirinhas que sempre são ótimas…

  • flagner disse:

    Parabéns cara! Vc é uma ótima pessoa, e o seu trabalho é excelente. Apostooo que o shark foi muito feliz enquanto estava ao seu lado.

    É isso ai… sucesso!

  • Jennifer disse:

    Linda tirinha me fez lembrar das minhas fofinhas… já passei por isso… 2 vezes…
    Eu tinha uma Vaimarana e uma labrabull (labrador com pitbull), a vaimarana era muito companheira, era grande e assustadora, mas era fiel demais, seu nome era Vaima (eu sei, muito original).
    Um dia ela apareceu meio triste e pouco ativa, então levamos no veterinário e descobrimos que ela estava com problema cardíaco, era normal da raça, ficou internada por 4 dias e o veterinário disse que não tinha jeito.
    Foi muito triste, mas não tinha outra opção.
    Dois anos depois, foi a vez da outra cadelinha (Belinda), ela era atentada, brincalhona companheira, era um animal um tanto fora do normal. Levei no veterinário pois ela estava com gravidez psicológica, e poucos dias depois apareceu com outra doença, chamada cinomose, achamos que ela pegou lá na veterinária mesmo, pois foi o único lugar que ela esteve além da minha casa, ela não passeava na rua pois tinha medo de carro, além de temos um quintal muito grande, 1000m².
    A veterinária dela nunca falou em sacrificar, disse que tinha cura, e gastamos valores altíssimos, e ela não melhorava, até que parou de andar, mas a veterinária continuava falando que ela poderia ficar curada e fomos acreditando e nos agarrando a isso.
    Ela parou de comer e beber sozinha, era tudo na seringa, mudávamos ela de posição de 4 em 4 horas para não cansar o corpo e nem abrir feridas de pressão, alimentávamos a cada 2 horas e até procuramos um acupunturista veterinário, foi ele que nos chamou para a realidade, falou que ela estava muito mal mesmo, que o quadro dela tinha evoluído para uma meningite+cinomose e que achava muito difícil dela se recuperar, mandou ela de volta para casa e uma semana depois ela veio a falecer. Foram 3 meses de dor e sofrimento, para a Belinda e para a minha família, pois tinha dias que não dormíamos cuidando dela, dando remédio e alimento.
    Foi tão triste e doloroso que até hoje não adotamos e nem compramos mais nenhum cachorro, pois ela era muito fofa e especial.

  • Legal disse:

    Perfeito…

  • Guil disse:

    Ô Coala… tocou o coração de todo mundo hoje…
    Eu acho nossos bichinhos mais racionais que muito humano por aí, hoje em dia. Eles estão acima de toda essa zona que é a nossa vida.
    Em casa há quatro cachorros, três machos e uma fêmea. Eles são o xodó do meu pai, que cuida deles com o maior esmero do mundo.
    Eles nos cativam. E, com seu jeito “irracional” de ser, conseguem retirar um pouco da humanidade que ainda resta nos nossos corações.

  • Leilane disse:

    Nossa, mais uma sexta-feira que vc me emociona demais com a história… com certeza o Shark está cuidando de vc lá do céu…
    Parabéns pelo seu trabalho! é excelente! Vc não pensa em fazer alguns produtos do site?

  • Vanessa disse:

    …chorei meu… Animais são inifinitamenteeeeeeeeeeeee, mil vezes melhores que humanos… Já sofri com a perda de um amicão tbm…hj tenho um “filho” de 13 anos, está ficando velhinho e já noto debilidades na saude dele, mas ainda tem a mesma energia para matar os bichinhos de borracha hahahaha
    É um amor incondiconal… fatooo!!!
    Parabéns pelo lindo trabalho ^__^

  • Ana disse:

    se era pra fazer chorar, conseguiu…
    lembro dos meus amores caninos, tds tao intensos e puros, como so os amores caninos podem ser…

  • Ada disse:

    Eu também já passei por isso, e é mesmo muito ruim, tinha um rusky chamado Costelinha, viveu 16 anos, ele teve cancêr e levamos no veterinario, ele operou e ficou um tempão internado, o veterinario disso q o cancêr poderia se espalhar e talvez ele viveria mais dois anos, um dia ele parou de andar e não conseguia mais comer e tinha dificuldade de respirar, o cancêr tinha espalhado para o pulmão, o veterinario disse q ele não voltaria a andar, mas pra surpresa de todos ele voltou a andar mas ainda ñ conseguia comer sozinho, mesmo assim não resistiu e morreu. Recentemente eu adotei outro cachorro, uma pastora, Myrrah, ela é muito elétrica, é a alegria da casa, faz muita bagunça, foi a melhor coisa que fiz ter adotado ela.

  • Dener disse:

    nussa senhora de mae me acusa, nem vo sai de casa amanha.

  • Isa Ferrari disse:

    Muito bom, muito bom mesmo. =’)

  • Adonias Neto disse:

    Poxa coala, uma das melhores tirinhas que você fez até hoje. Muitos de nós também passamos pela mesma situação, perder um amigo bicho, os nossos melhores companheiros de muitas horas. Chorei com essa tira, lembrei de um amigo que perdi, também por doença, ele teve uma melhora e logo depois piorou de vez, apesar de todo o esforço. Parabéns pelo seu trabalho!

  • Tamii disse:

    Começo a me perguntar se gosto de chorar. Toda vez que vejo uma ilustrona, já sei como estarei no final… E já nem me importo mais.

  • Paula disse:

    Coala… a tirinha me emocionou mto…. essas vidinhas conquistam o nosso amor!

  • pi disse:

    Ah, nem… Chorei o dia todo… Minha cachorra morreu, ano passado, aos 5 anos, de câncer. Arranjamos outro rapidinho, para evitar essa tal de solidão que, mesmo com 5 gatos em casa, só quem perde um cachorro sabe como é. O novo cachorro ocupa o espaço, é lindo e doce, também, mas não substitui, só faz doer menos. A Vaca era linda e você me fez sentir ainda mais a falta dela, hoje. http://www.pitacosdapi.com.br/2011/12/30/fazenda-dos-cachorros-felizes/

  • Thai disse:

    COALA, é a primeira vez que estou comentando aqui no site,.. mas já faz um tempo que venho visitando. Acho as tirinhas muito divertidas e de um jeito estranho me lembram minha infância :). Pelo que vi, você parece alguém de coração bom e por isso gostaria que vc ajudasse esse garoto aqui http://www.youtube.com/watch?annotation_id=annotation_57829&feature=iv&src_vid=aUVb-T5X4gU&v=3wFS6RX1mPo O Oziel que precisa muito de ajuda para reconstrução da face. é muito triste que videos como a luiza do Canadá, ou o para nossa alegria tenham milhões de visualizações e o dele muito pouquinho. Por favor coala, ajuda ele? se vc fizer uma tirinha, só uma tirinha, ou colocar o link em baixo, sei que vai atingir muita gente. eu não ganho nada com isso, só estou torcendo e orando por ele. de qualquer forma amo o site está de parabéns!! hoje me emocionou muito pq sei a dor de perder um amigo tão especial que é um cachorro.

  • Coala, SENSACIONAL, que isso velho,
    o mundo precisa de mais pessoas como você.
    Eu e plena sexta-feira 13 segurando pra n chorar de emoção! hahahah
    muito booom mesmo!!!

  • Fran disse:

    Até queria ler mas sei que vou chorar, sei bem o que você sente.

  • tHelen disse:

    Ah, Coala que lindo. Os animais realmente são maravilhosos. Bateu uma saudade do meu Príncipe agora.

  • Mariana disse:

    Legal sua tirinha, mas ó, pitbull não é cachorro para se ter em casa não. O Shark pode ter sido uma gracinha e talz, mas se vc tivesse assistido à aula sobre cirurgia plástica reconstrutora que eu assisti, não se arriscaria com um cachorro desse.

    • Erika disse:

      Mariana, o problema não é o cachorro, e sim os donos. Nenhum cachorro grande não pode ficar em espaço pequeno, ou preso por mto tempo. Se isso acontecer, é recomendável que o dono leve o cão para passear para aliviar o stress. Cão estressado ou maltratado ou treinado para rinhas fazem coisas horríveis, assim como os humanos na mesma situação. 😉 Pitbull são mansos

    • Marco disse:

      E você vem avisar ele AGORA? Sensibilidade zero…

  • Thaís disse:

    Coala, seu marsupial fofo… entendo a saudade que você sente do Shark, tenho cachorras desde que nasci, já perdi ótimas companheiras… Lindo post, um dos melhores na minha opinião…

  • yágor Ribeiro disse:

    Veeeeeeeeeeeeeeei, serio, chorei.

  • Lvcas disse:

    Cara não tenho vergonha de falar, eu chorei lendo isso pois lembrei dos meus ”amigos” que também se foram e que estão juntos com o seu amigo Shark também.E falo sem medo de errar mas animais em especial os cachorros são muito melhores que seres humanos,pois são sinceros,honestos e verdadeiros.

  • Nanda disse:

    Poxa Coala, abriu um ferida que tenho. –‘
    Adoro cachorros.

    P.S.: Clico em comentários anteriores e vou parar no site do R7, como assim?

  • Monique disse:

    Só quem teve um bichinho de estimação pode falar da alegria que eles nos proporcionam. Sabe porque eles vivem menos? Porque eles já são divinos, eles vem à terra apenas pra mostrar que essas coisas mais simples da vida que são mais importantes. Chorei demais lendo sua tirinha. Eu tive poucos cachorros, mas lembro e amo todos como nunca vou ser capaz de amar uma pessoa. Atualmente eu tenho o Fly, um border collie tricolor que eu amo mais que tudo nessa vida. Vou dar um abraço nele agora (00:51) 14/04 porque não to aguentando de chorar… bjsss

  • Marcelo disse:

    Não tem como negar que enchi os olhos de lágrimas… Passei por isso a menos de 1 ano e sei a dor que é perder um animalzinho querido. Não é fácil, más, a vida continua, e acredito que um dia, ainda teremos chance de ter contato esses seres tão importantes na nossa vida.

  • Drê disse:

    :’-(
    alegria – tristeza – saudade… tudo o que eu senti…

  • André Vital disse:

    Quase faleci de tanta saudade do meu pitbull.
    rss
    Algumas partes da tirinha me lembram muito o Zion.
    Era o melhor cachorro do mundo.
    ele:
    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1057077805999&set=a.1057076805974.8450.1797500889&type=3&theater

  • Juliana Veiga disse:

    Quando li essa tira fiquei imaginando como seria se o meu Bender estivesse nessa situação… Não quero sequer pensar nessa possibilidade. Nossos pets são membros da família e no meu caso, meu cão é o “relacionamento” mais antigo, sincero, sério e duradouro.
    Muito linda sua história com o Shark.

  • Alexandre disse:

    Coala…..

    Cara do ceu, o que você aprontou dessa vez heim…

    So pra dizer, so quem tem um animal de extimação sabe o que é ter um(a) amigo(a) de verdade.

    Como você eu tenho uma Pitbull se chama luna e vive dentro de casa (apesar de muitos falarem que essa raça não é pra viver junto).
    A minha não teve um jacaré, já foram uns 2 patinhos, umas 5 bolinhas, uns 50 ossos e muito mais…..
    Como nas fotos, ela já dormiu muito no sofá, hj ela tem o seu colchão particular, ela nunca mostrou as bolas como o Shark (pois é ela é menina).
    Faz 3 anos que estou com ela, faço de tudo pra que ela tenha uma vida saudável e ativa.
    Caminhamos não todos os dias, brincamos sempre antes e depois do meu serviço.
    As vezes que ela ficou doente, sempre estive ao lado dela.

    Então caro Coala………. Que o Shark está em um lugar melhor isso sim temos certeza… e o melhor é que ele passou na sua vida, e proporcionou a todos que viveram com ele momentos de alegria…. e hoje você nos abrilhantou com essa recordação, essa lição de vida.

    Que os seres humanos um dia possam ser como os animais…
    Amar acima de tudo.

  • ana disse:

    eu não consegui segurar, chorei mesmo :´)

  • Ronaldo disse:

    Ter animais em casa é complicado mesmo. Desde setembro do ano passado tínhamos cinco gatinhos (três machos e duas fêmeas, que nasceram aqui em casa, na minha oficina, filhos de uma gata de rua que sumiu dois meses depois. O mais carinhoso deles desapareceu no fim do ano, dias depois o filho do vizinho disse que o viu morto na rua. Depois do carnaval sumiu outro, o mais apegado comigo. Na semana passada uma das fêmeas não amanheceu em casa. Até minha esposa, que nunca teve animais e sempre sentiu medo de gatos já disse que não quer ter outros porque é muito ruim criar tanto amor pelo bichinho e depois ele desaparecer.
    Mas a gente sempre fala isso e sempre se derrete com aqueles olhinhos que pedem colo.

  • Yohana disse:

    Chorei.
    Só quem tem um cachorro sabe o quanto eles são lindos, bons e amorosos. Os meus estão os dois bem graças a Deus, mas quando o dia chegar eu sei que vou sofrer muito =(

  • Samuel Gibran disse:

    AAaahhhhhhh! Marshmallow flor do arco-íris! Chorei com essa!
    Lembrei de todos meus amigos doginhos que se foram para o grande hidrante do céu… Espero que estejam brincando com o Monstro lá em cima igual ao seu Shark.

  • EAGdJ disse:

    Um pitbull? Esse cachorro não tem nada de bonitinho…É assustador isso sim.

  • vanessa karka disse:

    Oh, nossa… Essa sua história me traz boas lembranças do meu pequeno Toby. é tão bom recordar dele, e de como ele gostava de passear. foi tão triste perdê-lo, mas eu aceitei que passaria por esse sofrimento no instante em que o ganhei. eu sabia que sofreria com a perda dele, mas foi um preço absurdamente pequeno de se pagar quando eu penso em toda a alegria que ele me trouxe. ele era meu irmão de 4 patas.

  • Deo disse:

    Olha Coala, minha Akita teve o mesmo problema, começou a mancar, foi bem rápido até que não se levantava mais. Eu fiquei triste por ela, e o veterinário disse que ela não se recuperaria mais pois era uma virose que fazia com que perdesse as articulações e a deixaria inválida ou morrer, e já estava num estado avançadíssimo, em que tpinhamos que levar a ração até sua boca e a água também. Todas as noites em que eu levava a comida a acariciava dizia no ouvido dela que ela ficaria melhor e que voltaria a correr de novo e que a amava muito, a beijava e a deixava em sua cama. Uma semana depois, dando os remédios certos e uma boa dose de vitaminas e bastante amor, orações a Deus, carinho e conversa, ela se recuperou e hoje corre mais que uma gazela, surpreendendo o veterinário, pois ele estava cuidando de mais três casos iguais, e os três não sobreviveram. Os animais realmente são surpreendentes, e dou graças a Deus por não ter precisado sacrificá-la, e hoje estou com minha amiga neste momento lambendo no fundo do meu ouvido (q agonia) rsrsrsrsrsr. Parabéns, muito lindo,

  • Gleicy disse:

    Nossa Coala, desta vez realmente você me fez chorar!
    Que linda e triste história…

  • Ines disse:

    Linda tirinha! Parabéns pelo trabalho!! =)

  • phelipe disse:

    caiu um cisco no meu olho –‘

  • Siane disse:

    to chorando sem parar coala!
    perdi minha cachorrinha ano passado, com 14 anos..
    ainda sinto muitas saudades e sonho sempre com ela..
    mexeu muito comigo essa historia, linda demais..
    parabens por ter conseguido fazer essa homenagem para o Shark, com certeza ele merece..

  • Clara disse:

    to chorando T.T

  • Emerson A F disse:

    Linda a tirinha, quase chorei (talvez chorei e nem percebi), você é uma pessoa muito boa Coala e fora que é um cartunista sensacional, ótimo trabalho e linda história, que bom você fazer despertar esse lado de bondade e carinho no coração das pessoas.

  • Alanna Berlandi disse:

    Não sei se é com você ou com o seu cachorro, mas sei que um dos dois me fez chorar (e muito) agora! E todas a vezes que eu li esse post!

  • Abdiel disse:

    Curti muito sua tirinha. Tenho um vira-lata mestiço com doberman que é o xodó aqui de casa. Cachorros são o massa e você é um ilustrador de mão cheia. Show de bola a sua tirinha e a forma como você desenvolveu o tema.

  • Natasha disse:

    Olá Coala, que mais linda foi o Shark *-*, eu tenho um pitbull também chamado Barão e com certeza ele é a coisa masi dócil do mundo( minha tartaruga é mais brava) e falam que a vida média deles é realmente menor que os outros tipo 9 anos( equanto uns podem chegar a 12) nem quero ver se acontecer algo com esse cachorro por que ano passado perdi minha yorkshire que tinha 6 anos também, e era meu mosntrinho. Dormia comigo, me acordava, me fazi compania e me tirava espaço na cama e no traveisseiro, então quando li a tirinha não tive como não chorar…enfim muito boa tirinha e bem tocante para todos que sabem o que ter um bichinho.

  • Quem nunca teve um cachorrinho ou qualquer outro animalzinho de estimação, não sabe o que é ter um amigo de verdade… Emocionante essa tirinha!

  • Pedro Maich disse:

    Tem que ter vivido muito pouco ou conhecido muito pouca gente pra acreditar que animais são melhores que pessoas.

    • Fábio Coala disse:

      Pois é Pedro, animais não julgam… Tenho 33 anos e fui do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de SP por mais de 5 anos, sempre no operacional – incêndio, resgate e salvamento. Conheço o ser humano sem as máscaras sociais, no momento da dificuldade. Tive contato com os mais ricos e os mais pobres. Também resgatei muitos animais, em várias situações. Bom, conte-me suas experiências e opiniões. Como a humanidade vive em harmonia com o planeta e como os animais fazem o mundo pior com suas guerras, suas mentiras, destruindo outras espécies (ou sua própria) e ecossistemas inteiros… Conte-me, amigo, pois sou apenas um adolescente filhinho-de-papai.

  • Kazuo disse:

    Não troco minha família, minha noiva e meus amigos por nada neste mundo! E, na minha família, incluímos os nossos animais de estimação…. Eles pensam e agem, sentem como nós. Todos sabemos quando cada um está alegre, triste, cansado, quer aprontar, e tudo mais.Sim! Eles também sabem quando eu quero brincar, quando quero ficar só, quando só quero companhia. Minha noiva até brinca dizendo que eu pareço ser o bicho de estimação deles, rss… Sr. Coala, é realmente muito triste quando se perde um ente querido! Minhas condolências pelo Shark.

  • taijujuba disse:

    Sr. Coala, muito linda esta história. Me lembrou de minha cachorrinha, que Deus a tenha. Ter um amigão desses é incrível, né? Incondicional.

    Nada bonito fazer as pessoas chorarem de manhã!

  • Jullyana disse:

    Ah, Coala!

    Ontem mesmo eu ganhei uma cachorrinha. Eu também fiquei muito triste quando a minha morreu ano passado, mas esse ano decidi ter outra porque não consigo viver sem cachorro. Eles são definitivamente os melhores!

    Obrigada por essa mensagem linda. Vou viver cada dia com a minha cadela como se não houvesse outro.

  • Mari Corrêa disse:

    eu sempre leio tudo meio atrasada….
    mas puxa….
    (lágrimas)….
    eu tinha medo do Shark só de olhar pra foto dele no seu msn…..
    mas o que falar da tirinha? sensacional….tirinhas assim me deixam sem saber o que dizer….
    já pensou em ter um novo amigo????

    bjo

  • Samantha disse:

    Ok, vc me fez chorar no meu local de trabalho.
    Trocando uma ou outra coisa (como a raça, que a minha nunca teve), é a minha história com Dalylla… morreu aos 10 anos, de câncer, após eu quase vender os rins pra pagar todo o tratamento dela e dar todas as chances de vida que ela poderia ter.
    =(
    Ok, me fez chorar de novo lembrando de Dalylla.

  • denis disse:

    sério coala, você me fez chorar, lembro de quando minha cadela foi atropelada, chorei a noite inteira, #chatiado

  • Ana Bia disse:

    Ah, que coisa linda…
    Cachorro é mesmo tudo de bom :’)

  • Monique Lôbo disse:

    Nossa, que lindo.
    Posso dizer que vc meio que descreveu a história da minha Xú, uma Poodle/bull..hisuhaiushai… Ela chegou com 2 meses e digamos que a minha mãe se apossou dela tb! Dormia na cama dela tb.
    Ela também sofreu um tombo, ficou mancando e meio borocoxo, aí quando levamos ao veterinário descobrimos que ela estava com um câncer e que tinha que ser operada às pressas..foi a ultima vez que a vi, levei a minha picurrucha e depois fiquei sem ela..mas assim como o Shark, sei que ela está em um lugar bem confortável!

    Ela se foi em janeiro de 2009, mas de vez em sempre bate uma saudade..como agora.

    Valeu pela tirinha, me trouxe mtas boas lembranças!

  • Valéria disse:

    Nunca uma única frase me fez chorar tanto “levei meu melhor amigo para morrer”, os animais são fantásticos, definitivamente são melhores que muitas pessoas por ai, minha gata está com 11 anos, meu mundo vai desmoronar qdo ela se for, simplesmente não sei viver sem ela, engraçado como as algumas pessoas não sentem isso, essa amizade verdadeira.

  • Gabriela disse:

    Chorei lendo essa tirinha! Me fez lembrar minha Pérola, uma de minhas cachorras, mistura de pastor alemão com fila brasileiro. Ela nos acompanha há treze anos, quase quatorze. Sabemos que o tempo dela conosco está acabando, ela não anda mais, tem várias dificuldades… Eu a chamo de meu anjo, pois apesar de ser uma fera com desconhecidos, ela é um doce conosco, adorava (e ainda gosta, apesar de não poder mais) passear e fez várias confusões. A mais memorável foi morder, isso mesmo, o para-choque do carro zero do meu pai (tanto ela qnto o carro, chegaram em casa na mesma semana). O carro já foi embora faz tempo, mas o nosso anjo continua aqui conosco. Sei que sentirei mta falta dela qndo ela se for..

  • Gaby Correia disse:

    Não é a primeira vez que choro com as histórias do Coala….Lindo demais!

  • Bezanga disse:

    Ô Coala… é cruel isso que você faz com as pessoas, viu… A gente devia acessar o seu site e automaticamente sair um lencinho de papel do driver de cd.
    Não tem como não se emocionar. Nunca tive cachorro, mas tenho um gato. Antes de tê-lo, não entendia direito essa história de dedicação e amor incondicional que eles têm com a gente. É emocionante de se ver!
    Sem querer ser filosófica, mas o mundo seria infinitamente melhor se as pessoas tivessem metade das qualidades desses animais incríveis!

  • Fábio disse:

    De fato, cachorros são infinitamente melhores que pessoas!!!

  • Michel Praia disse:

    Sem palavras…sentimentos não precisam delas.

  • cleca disse:

    Nietzsche disse que os animais eram…(há, deixa p lá,eu ando estudando muito).Me comovi com a o seu carinho,como sempre.
    As vezes quando sinto falta de ternura no meu dia abro seu blog e saio daqui reabastecida.Hoje vc me deu uma overdose!

  • Luana disse:

    Chorei lendo essa tirinha! E assim como você eu sei como os animais são melhores que pessoas!

  • Alan disse:

    Viva O Monstro, protegendo e cuidando das almas inocentes… tão emocionante quanto o desenrolar da história foi o desfecho. :]

  • Alysson César disse:

    Sério Coala, eu nunca chorei tanto assim de ver algo na internet, parabéns, você consegue tocar de um jeito maravilhoso. E não consigo nem pensar que um dia meus cãezinhos podem não estar mais aqui…

  • Marta disse:

    tem ninjas cortando cebolas perto dos meus olhos :~~~~

    • Junior disse:

      Huhauha ri muito com esse comentário!! Boa sacada!
      E vc, Koala, cada dia me surpreende mais! Parabéns!!!

  • Cristina disse:

    É que alguns amigos são fiéis, até a morte!

  • Jhonata disse:

    Cara,parabens Coala,sempre nos “tocando” com suas historias,e o pior é que estão caindo Lagrimas de suor masculino dos meus olhos =,(

  • iana disse:

    Porra… nessa até eu chorei, quando olhei para o lado e vi meu poodle na cama corri para abraçá-lo. Tenho a sorte de estar com ele há 7 anos!

  • poxa, como é difícil isso né?? Também passamos por isso com nosso Rottweiler JAFAR, que era uma moça de tão bom. Há menos de uma semana um amigo muito próximo passou por isso também. Mas acredito que esses pequenos brutamontes tenham um lugar lindo e confortável reservados pra eles, cheio de amor como o que demos a eles durante suas vidas terrenas. Sinto pela sua perda e mando muita Luz pra vcs superarem essa saudade tão chata. Abraços.

  • Isia disse:

    Fábio, isso foi sensacional, to com olhos cheio de lagrimas… me fez me lembrar do meu cachorro que morreu alguns meses atrás… *-*

    Parabéns =D

  • MSalinet disse:

    Pois é,
    Tinha também um pit bull até um mês atras… Me emocionei e te entendo.

  • isa disse:

    poxa coala,sinto muito :(
    a alguns meses perdi meu amigo emilio,um porquinho da índia.sofro ,e em pensa q criaturas tão pequenas (ou grandes como no caso do shark) enchem nosso coração

  • LUCIANA disse:

    Coala, vc me fez chorar.

  • Liz Hitoshi disse:

    Poxa, faz pouco tempo que frequento aqui, mas sempre que vejo essas suas hitórinhas eu choro, não teve uma que não chorei e essa.. Me vez lembrar de uma gatinha que tive, achei ela doente e bebêzinha na rua, eu trouxe ela para casa, cuidei, dei meus ursinhos, até uma blusa minha para ela se sentir mais confortável.. No dia seguinte quando cheguei em casa, encontrei ela morta no meu quarto.. Lembro bem de como sofri com aquilo, mesmo sabendo que iria acontecer, no mesmo dia, minha mãe ficou com pena de me ver daquele jeito, chorando, quase em choque que ela encontrou uma gatinha saudável e idêntica a que morreu.. Ela me faz companhia até hoje.. ):

  • Mi disse:

    Que Lindo, Quase chorei…

  • Mi disse:

    Que lindo, me fez chorar…
    Lembrei do meu pastor alemão que morreu há 5 anos

  • Aline disse:

    aaah que lindo *—*
    isso me faz lembrar que nunca tive um cachorro DDD:

  • MáH disse:

    simplesmente perfeito….isso aconteceu comigo qnd tiver q levar meu Nino pra sacrificar tbm(ele tinha 14 anos)=((

  • Renata Araujo disse:

    Linda história..
    Tenho um amigo, meu Spike, sei como se sente..
    Me emocionei muito com sua história.. E concordo plenamente com vc: os animais são infinitamente melhores que as pessoas!!

  • Paula disse:

    Nossa!! Tenho 3 filhos vira-latas e sua tirinha me arrancou mtas e mtas lágrimas no meio da aula… cães são tudo de ótimo nessa vida, não tem como não amá-los e não sentir falta deles a cada momento da vida

  • Bia disse:

    poxa… realmente, deu pra escapulir uma lágrima, linda a história, coloquei até no meu blog (e pedi pra visitarem seu site)

  • Soraya disse:

    cara, me fez chorar litros ? essa tirinha é mto amor. ja perdi animais de uma hora pra outra e ja fiquei com eles nos seus ultimos suspiros segurando a pata. Só quem já perdeu um amigo de 4 patas sabe o que é todo o sentimento que tem nessa tirinha ?
    Parabens por tanta sensibilidade :’)

  • se quiser nova companhia estou vendendo filhotes de border collie por 800 ,Contato:[email protected]

  • Georgia Maria disse:

    Ficou muito fofo, só não chorei pq tão tô fodida que nem agua sai dos olhos, mas eu ri muito, tenho 5 cachorros,s ei como são essas histórias de cachorro folgado e fofo! Beijão!

  • Roberta disse:

    Nossa…que coisa mais linda e emocionante…eu sei bem a sensação de perder um amigo tão especial…é horrível! Chorei horrores com a tirinha por lembrar do meu amigo que já se foi e da minha velhinha :(

  • Lucas da Silva Biava disse:

    Linda história …. adoro cachorros …..

  • larissa coelho disse:

    ja tinha achado a tirinha fofa,depois que desci e vi que aconteceu de verdade foi impossivel não chorar..

  • Eleonir disse:

    Bixo! Foda demais perder um amigão assim… =[

  • José Vitor disse:

    Que lindo…As vezes fico imaginando se meu cachorro que tem quase 10 anos morrer…Acho que eu morro junto!

  • disse:

    Que lindo! Lembrei da minha Lassie, estava com aquela ”doença das cadeiras” acho que é isso, a parte de tras do corpinho dela paralizou depois de ela entrar em depressão e não comer nem sair mais da cazinha por ter visto um filhotinho dela morrer. Tentei de tudo, veterinário, remédios caros, remédios caseiros, vitaminas…Não adiantou. Qndo ela tava nas ultimas, tentou de tudo, mamava a vitamina que minha mae preparava num desespero que da vontade de chorar qndo lembro. Tentou voltar a andar, se apoiando na parede, e caia toda vez que desencostava…Ficava deitada em cima dos panos quentes que serviam de caminha, mas nao adiantou, ela morreu em casa, mas nos deixou a Kittie, que está na família a 5 anos! E é esperta, arteira e amorosa como nunca vi! Se ela morrer, vai deixar mta saudade e um espaço vazio na família, pois até meu pai que tem toxoplasmose e nao pode ficar perto de animais, se derrete e nao resiste às artes e xamegos dela! Bom, é isso :(

  • thais disse:

    amei a história , eu tive um dálmata muito querido mas ele morre com 9 meses :(

  • iago disse:

    cara eu chorei quando li isso se fosse eu eu ia dar um abraço bem apertado de meia hora no shark antes de sacrificalo :´(

  • iago disse:

    tambem tinha um cachorro era pastore capa preta morreu com 12 anos na epoca eu tinha uns 10

  • Rafael Kaen disse:

    Sempre tive gatos, tenho dois no momento, mas gosto de cães também, fiquei triste ao ver essa tirinha pois não gosto de animais sofrendo! Quando eles morrem, sofremos muito mais que eles quando estão doentes! =/

  • Coala, posso te resumir em uma palavra

    ” SENTIMENTO “

  • Raphael Lucas disse:

    Poxa senhor coala, a frase: levei meu amigo para morrer… até para escrever esse comentário tá difícil… Poxa, eu perdi animais assim, atropelados, hj tenho um gato de 12 kilos de pelagem laranja como o garfild e quando ele se for eu sentirei falta dele pois eu so olho para ele e ele mia de volta. Quem tem animal sabe que o amor mais puro vem atravez de um olhar de seu animal. Senhor Coala, obrigado por essa tirinha, irei repassa-la adiante, pois só quem teve um amigo de 4 patas sabe o quanto doi ler essa tirinha. Grande abraço e fique com Deus!!!

  • Me lembro quando um dia, no Twitter, você me disse que sentia saudade do seu Shark e eu te ofereci um dos meus filhotinhos.

    Enfim, perdi 4 cães entre agosto e outubro do ano passado. Todos pela mesma doença que o Shark provavelmente teve.
    Um deles, o Polaco, era IDÊNTICO ao Shark (me refiro aos puns, dormir com minha mãe e destruir tudo) com a diferença de que ele era um cocker que tinha tamanho de pitbull.

    Vi ele chorando. Tremendo. Sentindo tanta dor. E eu só queria poder dividir isso com ele, pq, afinal de contas, nenhum cachorro merece morrer sentindo tanta dor. Esse tipo de dor é pra humanos, não uma criatura tão perfeita como cães.

    Eu levei ele pra morrer, assim como você fez. Depois de tudo, levantei o “corpinho” dele, coloquei no carro e levei pra casa.

  • Carlos Henrique disse:

    Historia idêntica a minha, porém o meu cachorro era um fila brasileiro… gigante…geral tinha medo… mas o cachorro babava mais que tudo…teve uma infecção, parou de andar e teve que sacrificar =/
    até a veterinária chorou no dia….saudade Bethovem ;'(

  • Leile Karolly disse:

    Chorei! Muito! *———————————*

  • alanna disse:

    me lembro do meu gatinho o mimoso nos cuidaamos muito delesó que um dia eu fui comprar meu material para o cólegio e quando eu voltei ele já estava morto eu chorei tanto e estou a ponto de chorar agora porque o mimoso também não era como os outros gatos quando eu estava triste eu ia pro quintal e ele ficava miando como se tivesse falando comigo e quando ele adoesseu eu e minha mãe fomos as únicas que cuidamos dele porque toda vez que ele ia tomar um antibiótico eu que dava pra ele porque ele quase nunca me mordeu e eu sinto tanta falta dele ele era o único gatinho que eu tinha e eu nunca mais vou ter um igual Coala posso te pedir uma coisa?se puder faz uma tirinha baseada na história do meu gato se puder muito obrigado

  • Alexandre Canhizares disse:

    Acredito que a pessoa que opera as orelhas de um cachorro apenas pela estética devia pagar por um crime. Não pode ser um amor verdadeiro e tão bonito como a tirinha mostra se começou dessa forma. Mutilação gratuita baseada no seu conceito egoísta de beleza. Nunca mais tenha um animal, por favor. Você não merece a companhia deles.

    • Roberto disse:

      Pelo menos ele deu carinho ao Shark, ele tem um coração, além disso o corte é feito quando os animais ainda estão pequenos, pois a dor é menor e traz muitas outras vantagens ao animal, antes de comentar qualquer besteira pesquise um pouco mais sobre o assunto.

  • Victor Hugo disse:

    A minha depois de 14 anos, meu pai teve que leva-la embora, no final do mês passado, ainda lembro com muitas saudades e lágrimas nos olhos da melhor e mais inteligente salsichinha que já viveu nessa terra, meiga, companheira, abusada, intrujona, faminta e por aí vai os adjetivos que não consigo achar e colocar o que sei aqui para descrevê-la. Com certeza a melhor amiga que tive e a mais fiel de todos os humanos que já conheci. Sinto a falta dela, e esse post é uma ótima descrição e pequena lembrança do que ela foi para mim.

  • Anderson (Pança) disse:

    cara! tenho um igual, me deu um certo nó na garganta e me senti em seu lugar, agora estou meio preparado, pois sei que um dia vou perder o Thor também…meu pitpoodle… valeu pela sua história…sucesso pra tí.

  • Anderson (Pança) disse:

    ah! o Thor tem quase 3 anos.

  • Adriano Alves disse:

    Todo animal é especial, alguns tem a sorte de vir a este mundo e encontrar pessoas especiais, capazes de oferecer o amor que eles realmente merecem. A partida faz parte, o importante é saber que em todo tempo dele ao seu lado ele foi o “animal” mais feliz do mundo

  • Pereira disse:

    Eu tinha um peixinho dourado, o Nemo…quando eu arrastava o dedo no aquário ele seguia.Apesar de não poder sair pra passear com ele, ou brincar de pegar, ele era especial pra mim.

  • Amandinha* disse:

    O meu morreu nesse domingo… :\ Vim rever a tirinha pra me confortar… acredito tbm que, se existe um céu pra nós, porque que pra eles nao deve existir ?… espero também que ele esteja em algum lugar especial… =)

  • Hilsamara disse:

    Eu tive uma poodle… me lembro do dia que ganhei ela… e ela passou 13 anos dormindo no meu quarto, me animando…. e abanando o pompom quando eu chegava em casa….
    Mas tive que tomar a mesma decisão que vc…. não tinha mais jeito…. mas lembro dela tds os dias…

    Linda a tirinha…

  • Chiriri disse:

    Ainda choro se pensar no meu Cérbero, um dogue alemão de 4 anos que foi levado pela Leishmaniose… =(

  • thiago disse:

    deixa eu ir limpar as lagrimas aqui e já volto…
    cara,essa me deu um aperto no coração

  • Uai disse:

    Meu Deus, como chorei lendo isso… =((((

  • Zé Nascimento disse:

    Bem bacana! Me fez lembrar da Phoenix, uma dobermann que eu tive. Ela ficou doente também, perdeu a sustentação nas patas traseiras… mas nós não tivemos coragem de sacrificar, e acho que ela sofreu bem mais do que merecia. :-(

  • RayKa disse:

    Adorei conhecer o site…Já tinha visto suas tirinhas em outros blogs, mas nunca tinha procurado o teu site mesmo..
    Estou há horas passando as páginas e me perdendo no tempo com tuas tirinhas…amei essa…chorei até… e é por que nunca tive um bichinho a ponto de me pegar assim. Amei.

  • Thiago disse:

    Karacas!!!

    Fiquei sentindo agora …
    Lembrei do meu cachorro “Negão” que de Negão não tinha nada!!! rsrs
    Era Fila Branco rsrs … Ele apareceu no portão de casa ja grande, tinhamos perdido recentimente um amigo cão , e logo veio ele , ninguem queria ele por perto mais ele era muito amigavel conosco defendia a casa sem ao menos ter entrado nela , então amoleceu o S2 da minha mãe e ficamos com ele durante 5 anos , quando alguem visitava minha casa pela primeira vez ja se assustava com ele , mais logo depois ja ganhava sua confiança , enfim … um dia ele fugiu de casa ficou alguns dias fora procuramos em todos os lugares , depois de uma semana ele volta para casa , quando virmos ele estava todo machucado nao conseguia se levantar e quando andava chorava de dor , foi então que vi tao cruel são as pessoas ate mesmo com os animais, tratamos ele levamos ao veterinario mais , por esta velhinho o veterinario deu a pior noticia para a familia…

    Sentimos saudades dele ate hoje….

  • Ivana Gomes disse:

    Chorei.
    Chorei horrores!!
    Ainda tenho minha amiga canina, mas hoje ela não mão mora mais comigo. Casei, e levar ela pra um apartamento seria uma maldade que ela não merece. Ficou na casa da minha mãe. Mas sinto tanta, mas tanta saudade dela, que dói. Vê-la de 15 em 15 dias maltrata o meu coração, e o dela também.
    A Duquesa Mel, minha melada, é tão sensacional, que falo com ela no telefone e ela reconhece minha voz e late pra mim. Aquela lá, só falta falar com palavras humanas. Rsrsrs
    A Mel, já esta ficando velinha. E sinto tanto medo, da hora que tiver que me despedir dela. Acho que não vou aguentar. Ela chegou num momento de muita dor, escuridão e sofrimento. E foi ela quem trouxe luz pra minha vida, naquele momento. Aquele filhotinho que cabia na minha mão, e que hoje em dia, me abraça todas as vezes que chego para vê-la de tão grandona que é!
    Coala,
    Sinto muito pela sua dor! Gostaria de poder falar algo que mudasse isso, porém, nada que seja dito, ou feito, irá mudar a saudade de seu amigão canino!
    Força!

  • Mi disse:

    Querido Coala…essa tirinha me deixou completamente “engasgada”…É tem uma razão especial para isso. Sou veterinária e te digo que uma das coisas mais difíceis para mim (e acredito que para todos os veterinários que gostam MESMO de animais) é assumir que não há mais recursos para tentar salvar o animal e cogitar a idéia de sacrificá-lo…é uma decisão dolorosa e ter que dar a notícia aos donos é mais doloroso ainda. Tenho lembranças tão fortes, principalmente do primeiro cachorro que vi ser sacrificado (eu era estagiária ainda…o veterinário diagnosticou uma doença em fase crítica, sem qualquer recurso de tratamento e disse à uma senhora que a cadelinha dela precisaria ser sacrificada! A bichinha era linda…uma pequinês branquinha, estava toda enfeitada e era tratada com tanto carinho…a mulher chorou desesperadamente, e eu, tive que sair de perto para não chorar junto!). Uma coisa que me deixa feliz é saber que os animais também vão para um plano superior…(já leu o texto de Chico Xavier e sua cadelinha Boneca?)! Felizes são os cães que já nascem sabendo amar e perdoar…seres perfeitos! (Chorei!)

  • yury disse:

    alguns ciscos cairam nos meus olhos…..a melhor e mais emocionante tirinha….parabens pl trabalho…

  • Livia disse:

    Ainda não consigo entrar no quartinho q a minha pitpoodle morreu, na minha mão. Dói muito.

  • Daniela disse:

    Linda tirinha! Uma cachorrinha minha se foi na semana passada… sei bem como é isso! Sdds enormes, coração apertado! Só o que nos conforta é pensar que nosso bichinho amado está bem amparado, onde quer que esteja!

  • Danyelle disse:

    Foi dificil encontrar o fim da página pra comentar o_o MAS COALA, COMO VC PODE FAZER ISSO COMIGO? maldade :( muito emocionante.

  • Camye de Alcantara disse:

    Fica assim naum minha Madonna tah com ele e o monstro… eles devem estar numa festa danada!!

    PS: Minha Pit Madonna, carinhosamente Donna, morreu 1° de julho de 2013, crise de rins provavelmente por causa de cancer em estágio avançado. Já tentei arrumar outros como ela, mas é impossível, só ela sabia perceber como eu me sentia nas hrs mais dificeis e felizes, era meu anjo q Papai do céu me mandou pra curar um pouco da minha loucura e depressão. Mas eu creio que exista um céu pra eles, e ela deve estar lá, correndo de água, e dormindo muito…

  • Ellen disse:

    Nossa coala, valeu, me fez chorar…

    Tipo, vendo essa história eu lembrei do cãozinho da minha cunhada, ele acompanhava ela sempre, quando ela saia, e um dia, ela tava andando com o meu irmão e o cãozinho, passou um carro e os dois saíram correndo, mas o cãozinho não escapou…
    Quatro anos depois, a pitbull dela, Nina, ficou muito doente, o quintal da casa dela ficava cheio dr sangue que a Nina ia perdendo, então meu irmão disse que seria melhor acabar o sofrimento dela logo, e levaram-na pra ser sacrificada. Nunca vi a minha cunhada tão triste, agora ela ainda tem 3 cachorros, uma poodle, e dois SRD (sem raça definida)
    Uma das SRD tá bem velhinha já….

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*